A um mês do novo álbum Sweetener, Ariana Grande desvendou nesta sexta-feira (13) God Is A Woman. Trata-se da terceira canção extraída do disco, cujo videoclipe foi lançado no mesmo dia.

O lançamento sucede ao single introdutório No Tears Left to Cry e a The Light Is Coming, tema com a participação de Nicki Minaj. Esta é uma produção de Ilya, que compôs as letras com Grande, Max Martin, Savan Kotecha e Rickard Göransson.

O teledisco que acompanha o single foi realizado por Dave Meyers, responsável também pelo de No Tears Left to Cry.

Em sequências que reproduzem quadros do Classicismo e referências mitológicas, Grande materializa a premissa titular de Deus como mulher. A cena final do vídeo é uma recriação do quadro de Miguel Ângelo, A Criação de Adão, protagonizada somente por mulheres.

A meio do vídeo, pode ser ouvida a cantora Madonna a reproduzir uma versão do discurso bíblico da personagem Jules—interpretada por Samuel L. Jackson—no filme Pulp Fiction.

No seu perfil de Twitter, Grande dedicou a música às “deusas que todos os dias se esforçam para quebrar barreiras“.

O álbum Sweetener será lançado a 17 de agosto; conta com a produção de Max Martin, Pharrell Williams, entre outros músicos. Já são conhecidos os títulos que integram o alinhamento, incluindo R.E.M., de que Grande cantou um excerto num vídeo da revista Elle.