A RTP1 registou este domingo (8) um novo mínimo de audiência. Em 2018, a estação pública ainda não tinha tido um dia com tão poucos espectadores.

8,4% de share e uma média de 169,7 mil pessoas a ver cada minuto de transmissão do canal estatal foram os resultados do dia. Em sentido contrário, a CMTV continua em alta: depois de em junho ter tido o mês de sempre (4% de share), no domingo teve o melhor dia das últimas duas semanas, com 5,3% de share e 107,1 mil espectadores de audiência média.

A RTP1, agora liderada por José Fragoso, foi ultrapassada pela televisão do Correio da Manhã durante oito horas e meia. O principal ponto fraco do primeiro canal foi a programação da tarde. Depois de o Tour de France não ter ido além dos 8% de share, a estação pública desceu para 0,8% de audiência média e 3,1% de share com a série Lendas do Futuro, a partir das 16h55. O filme The Monuments Men (1,3% / 4,4%) não melhorou muito o cenário e a RTP1 continuaria atrás da CMTV até às 20h00, hora de arranque do Telejornal.

Tailândia em foco na CMTV e TVI24

A CMTV dedicou a programação da tarde à cobertura do salvamento das crianças presas numa gruta no norte da Tailândia. O Notícias CM, emitido consecutivamente entre as 15h00 e as 18h54, conquistou 1,3% de audiência média e 5% de share. Às 18h54 a emissora da Cofina emitiu a partida da liga europeia de Futebol de Praia entre Portugal e a Ucrânia, que chegou aos 1,9% de audiência média e 6% de share.

A cobertura dos acontecimentos no país asiático ocupou grande parte da emissão dos canais informativos, com a TVI24 a dedicar-lhe 11 das 24 horas nas transmissões do dia. O canal noticioso da Media Capital registou 3,1% de quota de mercado, ultrapassando a SIC Notícias (2,1%) e a RTP3 (1,7%). O canal público foi o que menos espaço dedicou à cobertura das operações de salvamento na Tailândia.

Nos totais diários, a liderança coube à TVI, com 21,2% de share, seguida pela SIC com 15,3%.

 

Dados de audiência Total Dia (Live+VOSDAL) da GfK/CAEM para o dia 8 de julho de 2018.