O Metro de Lisboa acolhe, até fevereiro de 2019, uma mostra fotográfica do Museu Calouste Gulbenkian. A exposição itinerante apresenta obras de René Lalique, Renoir, Amadeo de Souza-Cardoso e José de Almada Negreiros.

A exposição abriu a 18 de junho na estação Baixa-Chiado, onde vai estar até 20 de agosto. A estação do Aeroporto vai acolher a mostra entre 20 de agosto e 18 de outubro. A partir daí é a vez do Terreiro do Paço, até 18 de dezembro. A última estação a receber a exposição é a do Oriente, até 18 de fevereiro de 2019.

Apesar de não fazer parte desta mostra, o Metro sugere também uma visita à estação do Saldanha. Esta tem intervenção artística dedicada a Almada Negreiros, um dos artistas presentes nesta exposição.

O Metro comemora 70 anos

Esta iniciativa decorre no âmbito da comemoração do 70.º aniversário do Metro. Outra das atividades desta celebração é a dinamização de visitas guiadas às estações. A última vai acontecer no dia 26 de julho. Inclui as estações Baixa-Chiado, Cais do Sodré, Martim Moniz, Roma e Campo Grande e ainda o Parque de Material e Oficinas.

LÊ TAMBÉM: METRO DE LISBOA COM VISITAS GUIADAS GRATUITAS ATÉ AO VERÃO

As visitas guiadas são gratuitas e têm a duração de duas horas. O objetivo é dar a conhecer a arte, a história e a arquitetura das estações mais emblemáticas. As inscrições abrem três semanas antes do dia da visita e terminam 72 horas antes do seu início. São feitas através do site e o limite máximo é de 20 pessoas por visita.