No âmbito da Rock in Rio Innovation Week, a Live Nation adiantou que se vai estabelecer em Portugal num futuro próximo. Não fixando uma data exata para tal, um representante da Live Nation na América do Sul frisou a relevância que esta parceria tem no contexto do festival, tanto para os artistas como para as bilheteiras.

O que é a afinal a Live Nation?

A Live Nation Entertainment é uma produtora de espetáculos, baseada em Beverly Hills, cujo foco é a organização de concertos. Por conseguinte, detém ainda a Ticketmaster, a maior empresa bilheteira do mundo. Mais de 29 mil eventos são produzidos anualmente pela companhia americana em mais de 40 países. A produtora não só centra a sua atividade na organização como também na contratação de artistas com selo discográfico. A promoção de artistas como, por exemplo, Ed Sheeran, U2 e Madonna está a cargo da empresa.

Em 2017, a Live Nation passou a ter uma representação oficial no Brasil. A oferta de concertos no mercado brasileiro aumentou exponencialmente, especialmente com a passagem de Bruno Mars e Foo Fighters pelo país.

Benefícios que a Live Nation traz para Portugal

Paralelamente ao festival Rock In Rio, o Lisbon Art Center & Studios acolheu a primeira edição do Rock in Rio Innovation Week. Esta inovação consiste num fórum que une artistas, startups e outros criativos da área em conferências. O objetivo é essencialmente debater nos domínios da arte, digital marketing e da criatividade como potenciadores de um mundo melhor. Repare-se que esta troca de ideias e experiências mostra-se totalmente inovadora até por ter origem num festival de música.

A Live Nation fez parte de uma intervenção na conferência “O futuro da indústria da música”. Rafel Lazarini, que representa a filial sul americana, confirmou que como empresa global era necessário explorar os mercados locais, como é o caso de Portugal. Além disto, a companhia já era uma das sócias proprietárias do Rock In Rio, tanto no Brasil como em Portugal. Deste modo, a expansão da Live Nation adivinha a colocação do país na órbita das grandes digressões mundiais.

Portugal já é paragem obrigatória para a maioria dos artistas e a parceria com a empresa líder pode intensificar essa internacionalização.