Esta sexta-feira, dia 29, a dupla Let’s Eat Grandma lançou oficialmente o seu novo álbum I’m All Ears. A obra é a sucessora de I, Gemini, o álbum de estreia lançado em 2016.

As amigas de infância Jenny Hollingworth e Rosa Walton, quando tocam juntas (o que acontece desde os 13 anos) formam Let’s Eat Grandma, cujo nome vem da mnemónica da gramática inglesa sobre a importância da utilização das vírgulas. As amigas têm os mesmos compositores favoritos, Debussy e Mozart, e talvez por isso se tenham juntado desde tão novas.

Do novo álbum já conhecíamos It’s Not Just Me, Hot Pink e Falling Into Me, que fazem os singles escolhidos para o disco, para os quais já há vídeos.

A produção do álbum foi entregue a SOPHIE. SOPHIE é uma produtora e cantautora escocesa que tentou ligar a “doçura” característica da sonoridade de Let’s Eat Grandma a um lado mais escuro e assustador, na sua simbiose ideal. Além da produtora, houve também um agradecimento especial a Faris Baldwan, dos The Horrors. O artista co-produziu os temas Hot Pink e It’s Not Just Me.

 

De I, Gemini para I’m All Ears

I, Gemini foi a primeira materialização dessa amizade produtiva cujo nome remete para uma compatibilidade celestial. O resultado foi um “pop de conto de fadas aliado a beats de hip-hop e rock clássico“. A sonoridade é por elas descrito como um “pop psicadélico imundo” (psychedelic sludge-pop). I, Gemini tinha sido um álbum de temas e assuntos que Jenny e Rosa, agora com 19 anos, tinham escrito quando começaram a tocar juntas. O seu sucessor, I’m All Ears é então, inevitavelmente, um álbum a que chamam de “mais maduro“.

O novo álbum de Let’s Eat Grandma é composto 11 faixas daquilo que promete ser a consolidação da sua sonoridade. Elas que foram adoradas pelo público e crítica com o seu álbum de estreia, lançaram este novo álbum como uma afirmação firme da sua personalidade enquanto músicas.

Uma coisa é certa para a banda: o mundo é todo ouvidos.