Ed Sheeran enfrenta novo processo em tribunal que o pode levar a pagar 100 milhões de dólares (mais de 85 milhões e meio de euros). O músico, alegadamente, plagiou Let’s Get It On, de Marvin Gaye, na composição de Thinking Out Loud.

A acusação partiu da empresa Structured Asset Sales, que detém um terço dos direitos da canção de Marvin Gaye, avança a TMZ. Alegadamente, o single de 2014 de Ed Sheeran copia vários elementos como a melodia, a harmonia e outros componentes rítmicos.

Esta não é a primeira vez que o autor de Shape Of You é acusado de plágio. Em 2016, Ed Townsend, que compôs Let’s Get It On juntamente com Marvin Gaye, já havia processado o cantor britânico pela mesma canção. No mesmo ano, Martin Harrington e Thomas Leonard alegaram semalhanças entre a música Amazing, composta pelos dois, e Photograph, da autoria de Ed Sheeran.

Já este ano, em janeiro, os compositores Sean Carey e Beau Golden acusaram Ed Sheeran de copiar uma das suas canções. Reclamaram na altura similitudes entre When I Found You e The Rest of Our Life, música que Ed Sheeran escreveu para Faith Hill e Tim McGraw. Sheeran rejeitou sempre as semelhanças entre as canções  e afirmou que a música The Rest of Our Life é uma “composição original e independente”.

Ainda não houve reação por parte do artista inglês em relação às últimas acusações. Contudo, aquando das primeiras alegações de que terá copiado a música de Marvin Gaye, Sheeran reagiu dizendo que eram “infundadas”, argumentando que a progressão de acordes nas duas canções é “bastante comum”.