A Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo (ESMAE) criou, em parceria com o Teatro Nacional São João (TNSJ) e a RTP, uma nova pós-graduação em Dramaturgia e Argumento, que vai arrancar no ano letivo de 2018/2019, no Porto.

Dirigida pelo dramaturgo Jorge Louraço Figueira, a pós-graduação destina-se a pessoas com formação ou experiência em teatro, cinema e audiovisual ou literatura. Dramaturgo, dramaturgista, argumentista, copywriter ou crítico são algumas das saídas profissionais previstas para os futuros alunos.

O principal objetivo da pós-graduação em Dramaturgia e Argumento, com um total de 15 vagas disponíveis, passa por potenciar o desenvolvimento da dramaturgia nas artes cénicas e audiovisuais, em áreas como o teatro, dança e performance.

A componente teórico-prática da formação lecionada na ESMAE é complementada pela componente de projeto, em contexto de produção, junto das entidades parceiras.

«As parcerias com o TNSJ, no acompanhamento da programação do teatro, na disciplina de Seminários, e no acolhimento pelo teatro de alunos, na disciplina de Projeto, e ainda com a RTP, no acolhimento pelo teatro de alunos na disciplina de Projeto, garantem-nos que esta pós-graduação será implicada e relevante na produção artística da cidade e do país», lê-se na página de apresentação do curso no site da ESMAE.

Com a duração de um ano letivo, dividido em dois semestres, o curso vai ser lecionado em horário pós-laboral, apresentando uma carga horária total de 316 horas, correspondente a 60 créditos (ECTS).

Do corpo docente fazem parte Pedro Sobrado, presidente do Conselho de Administração do TNSJ, Nuno Carinhas, diretor artístico do TNSJ, e o encenador Nuno M Cardoso.

Lê também: MARTIM MONIZ É PALCO PARA DANÇAS E MÚSICAS DO MUNDO