Portugal empatou e passou, em sofrimento, aos oitavos de final. Nas audiências, a vitória foi clara, correspondendo agora à emissão de televisão mais vista em 2018. Foram mais de três milhões a ver cada minuto da partida, o que correspondeu a uma audiência total de quase cinco milhões de espectadores. 

À hora do jogo, que conquistou uma audiência média de 32,4% (3 milhões e 144 mil espectadores), 71,6% dos portugueses com a televisão ligada sintonizava a RTP1, com os minutos finais da partida a serem aqueles que maior audiência concentraram: 41,1% de audiência média e 78,5% de share às 20h55. Na Sport TV1 foram 51,7 mil espectadores a seguir o último jogo da Seleção Nacional na fase de grupos do Mundial 2018.

Os recordes atingidos durante o Euro 2004 continuam, no entanto, por bater. O programa mais visto de sempre continua a ser o Portugal x Holanda (Euro 2004) com 40,1% de audiência média e 85,4% de share, ainda durante as medições da Marktest.

Feitas as contas aos públicos com maior afinidade com a transmissão, entre regiões foi no Norte que se registaram os melhores resultados (73,3% de share), quando analisada a audiência por sexo, esta foi maior junto dos indivíduos do sexo masculino (78,2%). Nas faixas etárias venceram os espectadores com 25 a 34 anos (77,7%) e nas classes sociais foram os mais ricos (Status A) a aderir mais, com 84,2% de share.

Como esperado, a transmissão do Irão x Portugal valeu à RTP1 a liderança diária, com 25,3% de quota de mercado. A TVI sofreu a maior quebra, registando 16,4% de share. A SIC, apesar de cair para terceiro lugar e marcar 15,1%, conseguiu atenuar a queda com a transmissão do Uruguai x Rússia, que registou 4,3% de audiência e 22,1% de share, melhorando o desempenho do canal durante a tarde.

Outros destaques do dia
  • O Telejornal aproveitou o embalo do jogo da Seleção e conseguiu o melhor resultado do ano: 18,9% de audiência (1 milhão e 830 mil espectadores) e 38,6% de share.
  • RTP1 iniciou esta segunda-feira a reposição de Sim, Chef! ao início da tarde, no horário deixado vago por O Sábio. A série de comédia ficou-se pelos 161 mil espectadores (1,7% / 8,0%).