A Feira Internacional de Artesanato (FIA) vai na 31ª edição e conta com Marrocos como país convidado. A FIA tem lugar na FIL e estará aberta desde este sábado, dia 23, até ao dia 1 de julho.

A FIA divide-se em três pavilhões: nacional, internacional e gastronomia. São mais de 40 países representados na feira que se intitula como “o maior evento multi-cultural da Península Ibérica” e o segundo na Europa. São um total de 600 expositores à espera de serem visitados.

Marrocos é o país protagonista da feira. Já é o 10º ano consecutivo que está presente na FIA, mas este ano está destacado com um stand de 500 m2 no Pavilhão 3 da FIL (pavilhão dedicado ao internacional). Este ano o destaque será maior podendo-se descobrir tudo o que está ligado a esta cultura. Desde roupa a bijutaria, passando pelos tecidos, tatuagens em henna, chás, entre outros.

A nível nacional, a região convidada é o Turismo Centro – região que reúne 100 concelhos. Viajam até Lisboa com o melhor da gastronomia, artesanato, vinhos e de todo o seu património espalhado por várias bancas.

Ao longo dos 9 dias, terão lugar diversos workshops de costura, muitos deles ideais para o início do verão (bikinis, toalhas de praias, entre outros). Também se pode contar com diversos showcookings onde se aprenderá a fazer pratos típicos de alguns países presentes na FIA.

A FIA acontece todos os anos desde 1987. É “uma plataforma de excelência para a promoção da Identidade e Desenvolvimento dos Territórios Nacionais e Estrangeiros”. Promove culturalmente os países e regiões representados a nível do artesanato, gastronomia, recursos naturais, atividades culturais, etc.

O bilhete de adulto tem um custo de 5 euros, mas o de estudante ou sénior (maiores de 65 anos) é 2,5 euros.