Morreu este sábado (16) Nick Knox, o baterista da banda The Cramps. A informação foi dada pelos antigos membros da banda, Miriam Linna e o guitarrista Kid Congo Powers.  Tinha 60 anos. As causas da sua morte não foram ainda clarificadas.

Nicholas Stephanoff era mais conhecido por Nick Knox. Integrou como baterista na banda Eletric Eels em 1972 onde permaneceu até 1975. Esta época foi influenciada pelo movimento punk rock praticado pelas bandas de garagem, na altura denominado de proto-punk.

Eletric Eels (Nick Knox à direita)

Em 1977, substitui a baterista Miriam Linna, durante 14 anos, na banda The Cramps. O grupo foi considerado o pioneiro no desenvolvimento do phsicobilly – um género musical que mistura entre o punk rock dos anos 70 e o rock’n’roll americano dos anos 50.  Na banda estavam artistas como Lux Interior e Poison Ivy.

Da esquerda para a direita: Kid Congo Powers, Lux Interior, Poison Ivy e Nick Knox

Até 1991, Knox fez parte dos seus maiores álbuns que viraram êxitos como Song The Lord Taught Us (1980)Psycadhelic Jungler (1981) A Date with Elvis (1986). Após a retirada da banda pelo baterista (1991), The Cramps mantiveram-se no ativo até 2009, data em que foi anunciado o falecimento de Lux Interior (vocalista e fundador da banda).

Passados alguns anos o artista regressou à música. Em 2013, participa como baterista em três músicas do álbum Terminal, uma colaboração entre as bandas Cheese Borger The Cleveland Steamers. Até à atualidade, o artista era conselheiro da banda Archie and The Bunkers, um grupo musical que seguiam alguns passos do baterista.

No Facebook, a ex-baterista Miriam Linna, anunciou através de uma extensa publicação a morte e os seus sentimentos por Knox. No texto afirma “Muitas pessoas vão ter muito boas memórias de Nicky” e acrescenta “Agradeço a Deus por Nicky ser meu amigo. Ele era um dos mais bondosos, engraçados e o mais incrível ser humano de sempre, e eu fui muito sortuda por estar na sua órbita”. 

Desde então a baterista tem feito várias publicações sobre a perda de Nick. A seguinte imagem remete para um momento recente em que se encontraram antes do Halloween, como explica na sua publicação.

O guitarrista Kid Congo Powers também demonstrou a sua tristeza através de uma publicação via Twitter. A sua mensagem dizia “Nick Knox Mais fixe dos fixes. Descansa em paz. Feliz por ter tocado com as tuas batidas. Encontro-te no avião mistério. Nick disse no seu último email para mim há alguns meses atrás “Não agarres moedas de madeira nem notas de 20$ com o Reggie Jackson nelas. O teu amigo e meu.” Já se sente a sua falta.”