Breves dias após uma performance memorável no NOS Primavera Sound, os Unknown Mortal Orchestra anunciaram nesta terça o seu regresso a Portugal. Os concertos ocorrerão na Aula Magna de Lisboa e no Hard Club do Porto, a 29 e 30 de outubro.

Os bilhetes para as atuações, marcadas para as 21 horas, serão disponibilizados nesta sexta-feira (15). A entrada para o Hard Club é tabelada a 26 euros; na Aula Magna, varia entre os 26 e 39 euros.

As atuações inserem-se na digressão de Sex & Food, último álbum do grupo, lançado no passado mês de maio. O disco foi gravado entre o Vietname, o México, a Coreia do Sul, a Islândia e a Nova Zelândia; inclui os singles American Guilt ou Hunnybee.

Ler também: Os Unknown Mortal Orchestra têm culpa no cartório

Na última sexta (8), a banda liderada por Ruban Nielson atuou no palco Pitchfork do NOS Primavera Sound, no Porto. A propósito do concerto, Alexandra Correia da Silva, redatora do Espalha-Factos, identificou como pontos altos “as quase clássicas Multi-Love e Can’t Keep Checking My Phone, que continuam a ser duas boas pérolas pop.”

As faixas citadas são retiradas do disco Multi-Love, editado em 2015, que motivou a sua última vinda a Portugal. Nesse ano, passaram pelo Armazém F e novamente pelo Hard Club.

Foi em 2013 que a banda se estreou em palcos portugueses, apresentando o disco II no Vodafone Paredes de Coura e, depois, no Lux Frágil e no Hard Club. Em 2014, constaram no cartaz do Optimus Alive (hoje NOS Alive).