A terceira edição do Sm’arte – Festival Street Art vai decorrer entre 13 e 17 de junho, em Bragança. Além das intervenções de arte urbana, o evento conta com um mercado de rua, atividades desportivas, workshops, teatro e música.

Draw & Contra, The Caver, Alex Dorici, Trip Dtos, ARM Collective, Duarte Saraiva e Lucky Hell são os artistas confirmados para as intervenções de arte urbana. Os alunos de artes do Agrupamento de Escolas Emídio Garcia, da Escola Profissional Prática e Universal e da Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Bragança também vão participar.

O Sm’arte faz parte de uma estratégia do município de Bragança para transformar a cidade numa referência ao nível da arte urbana. O objetivo é estimular a participação e a criatividade dos locais, requalificar o espaço público e atrair mais turistas.

Um Festival versátil

Do Sm’arte fazem parte outras iniciativas, como é o caso do Mercado de Rua. Este vai ser um espaço para venda, compra e troca de artigos em segunda mão, como artesanato, vestuário ou livros. Vai ter lugar no Jardim Dr. António José de Almeida, de 15 a 17 de junho, entre as 10h e as 20h.

O mesmo jardim vai ser palco de exibições de slackline, entre 15 e 17 de junho, onde também vai ser possível experimentar este desporto radical. O campeão nacional de trickline, Rui Mimoso, vai estar presente para fazer algumas demonstrações. No dia 16, na Praça da Sé, a Associação Estrelas Brigantinas vai organizar um torneio de street basket.

LÊ TAMBÉM: OS 7 MELHORES MURAIS DE ARTE URBANA EM LISBOA E ARREDORES

A Plataforma de Arte e Criação de Bragança vai dinamizar a Praça do Artista, também no Jardim Dr. António José de Almeida. Esta zona vai ter um programa de atividades que passam por workshops, escultura, pintura, modelagem de máscaras tradicionais e ainda graffiti com o artista Paolo Cagol.

Na noite de dia 15, Fernando Alvim vai animar a Praça Camões com um DJ set. No local vai estar instalado um ecrã gigante para a transmissão dos jogos da Seleção Nacional no Mundial de futebol. A animação de rua inclui ainda sessões de teatro, música e estátuas vivas espalhadas pelo centro da cidade.

Para os mais pequenos, o espaço infantil conta com pinturas faciais, oficinas criativas e modelagem de balões. Todas as iniciativas do Festival são gratuitas e organizadas pela Câmara Municipal de Bragança.