Os Vampire Weekend revelaram esta semana notícias sobre o progresso do muito aguardado quarto álbum de estúdio. A juntar à novidade do álbum, veio uma notícia da realização de dois concertos íntimos em Ojai, California.

Os concertos foram anunciados via Instagram. Na mesma publicação, em resposta a perguntas de fãs ansiosos, a banda revelou que o novo álbum está a “94,5%”, como foi apontado pela Stereogum. Em setembro de 2017 a banda tinha dito que o álbum estava a 80%.

Juntamente com o anúncio das atuações ao vivo dos Vampire Weekend, a banda mudou de visual. O poster do concerto parece vir acompanhado com um novo logo da banda, que corresponde à nova foto de perfil do Facebook do grupo.

 

Divulgação | Vampire Weekend

Divulgação | Vampire Weekend

O que aconteceu nestes cinco anos?

O novo álbum sucede Modern Vampires of the City, álbum de 2013. Marca, essencialmente, uma nova fase da banda, sendo o primeiro álbum que irá ser lançado (e composto) desde que Rostam Batmanglij abandonou o projeto, em 2016. Rostam era, juntamente com Ezra Koenig, um dos principais compositores dos Vampire Weekend, e terá saído para se dedicar a projetos a solo.

Como parte do coletivo, produziu os primeiro e segundo álbuns da banda, Vampire Weekend e Contra. Nada disto deverá ser, no entanto, prejudicial para o grupo, uma vez que Rostam admite continuar a colaborar com Koenig em projetos à parte e nos próprios Vampire Weekend.

A última vez que a banda pisou o solo português foi em 2013, no então Optimus Alive. Na mesma altura, a banda esteve a gravar, nas lezírias do Ribatejo, um videoclip para Unbelievers, do álbum desse ano, realizado por Eugene Kotlyarenko mas com uma equipa de produção quase exclusivamente portuguesa. Contudo, o vídeo não chegou a ser lançado.

Entretanto, resta-nos esperar pelos restantes 5,5% que faltam até ao álbum estar completamente cozinhado, a banda aconselhou os fãs americanos a não perderem ambos os concertos. Por cá, resta fazer figas para que os Vampire Weekend não falhem Portugal no seu eventual mapa de concertos de 2019.