É já no próximo sábado (2) que o Bairro da Torre em Cascais vai receber um festival de Arte Urbana: O Infinito. Durante oito dias vai ser possível assistir ao processo criativo de oito obras, criadas por oito artistas de street art convidados.

Para esta primeira edição do festival, a maioria dos artistas convidados são portugueses: Mário Belém, Samina, Tamara, Skran, KAS e Coletivo Rua (grupo composto por Alma, Unmade, Draw, Fedor, Mash, Oker e Third). A acompanhá-los vai estar Jimmy C (australiano), e Telmo & Miel, dois artistas holandeses.

A Associação Somos Torre, um grupo de jovens ligado ao projeto Take.it E6G (gerido pela Fundação “O Século”) é a responsável pela organização deste festival, que pretende melhorar a imagem do bairro e a vida dos seus moradores.

O  Bairro da Torre era um dos bairros mais vandalizados de Cascais, mas está agora envolvido num projeto de requalificação urbana, onde as paredes mais danificadas têm vindo a ganhar cor pelas mãos de vários artistas, com obras que simbolizam as vivências dos seus moradores e que partilham histórias com o mundo.

YouthOne, Smile, Huariu, Aym_one, Ana Mesquita, Shay Petricevich e Utopia são os artistas que, através do projeto “Somos Torre”, já contribuíram para as 13 obras presentes.

Agora, no Festival Infinito, para aumentar a “galeria a céu aberto” para 21 obras, vão intervir oito artistas, com oito obras, durante oito dias. E, tal como o nome do festival indica – Infinito – a imagem associada ao evento é um oito na horizontal, símbolo de infinito, e “sem limites”, como a arte.

 

O festival termina dia 9 de junho e vai ter animação e música a partir das 17h00. A atividade está integrada na programação da Capital Europeia da Juventude de Cascais e é apoiada pela Câmara Municipal da cidade.