Para expandir a presença online e captar a atenção do público mais jovem, a LVMH acaba de investir numa das mais utilizadas plataformas de moda online – a Lyst. A empresa proprietária da Louis Vuitton fez um investimento entre os 60 e 120 milhões de euros na plataforma de moda que conta com mais de 9000 marcas e 5 milhões de produtos disponíveis.

Louis Vuitton, Burberry, Chloé, Dolce&Gabbana e Valentino são algumas das marcas que podem ser encontradas na loja online Lyst.

A marca francesa, Louis Vuitton, temia que o e-commerce não fosse compatível com a imagem de exclusividade que passa habitualmente. Afinal, a ligação entre um consumidor e a Louis Vuitton sempre passou pela loja física onde os clientes desenvolviam uma relação com a marca e confiavam nos produtos premium a partir do momento que os tinham na mão.

Esta visão mudou e a presença online da LVMH tem agora como principal objetivo a captação dos consumidores mais jovens. Assim, sem sair de casa, os clientes podem ter acesso a diversos produtos mais dispendiosos, um hábito que é já muito frequente e apreciado entre os consumidores chineses.

Foram várias as marcas que seguiram o passos da Louis Vuitton e decidiram também apostar na Lyst como rampa de lançamento. O montante recebido pela plataforma vai ser utilizado para expandir o negócio em diferentes regiões, criar novos idiomas e melhorar os algoritmos de busca.

Chris Morton, chefe executivo da Lyst, destacou que 60% dos negócios da plataforma vêm dos EUA e, por isso, planeiam expandir para a Europa e Ásia nos próximos 18 meses.