Além da música, o relvado da Fonte Luminosa da Alameda vai encher-se de tasquinhas com petiscos de todo o país. É já este fim de semana – de 18 a 20 de maio – que a Festa das Coletividades e Casas Regionais de Lisboa assenta arraiais na Alameda D. Afonso Henriques, em Lisboa.

alameda

Programa oficial, Junta de Freguesia do Areeiro.

A organização é da Associação das Colectividades de Lisboa (ACCL) em parceria com a Junta de Freguesia do Areeiro, Penha de França e Arroios e durante três dias haverá espectáculos de dança, tunas, ranchos e música tradicional portuguesa, além das famosas tasquinhas, com pratos e petiscos de todo o país, no relvado da Fonte Luminosa.

Depois de três edições bem sucedidas, esta é já a quarta edição da Festa das Coletividades e Casas Regionais de Lisboa, que este ano terá uma noite dedicada ao fado e ainda um encontro de concertinas, no dia 18. 

O programa de festas vai ainda contar com jogos tradicionais e atuações de ranchos folclóricos – de vários pontos do país, tunas e cante alentejano, sempre entre as 14 horas e as 22 horas (excepto no primeiro dia, em que a festa só começa às 21 horas). O Grupo de Cantares Tradicionais do (vizinho) Instituto Superior Técnico também vai atuar. 

A entrada é livre, só paga o que consumir nas (imensas) tascas que estarão durante três dias na Alameda.