Três dos países favoritos à vitória da Eurovisão já estão prontos para fazer a edição de 2019 do maior concurso de música do mundo.

O tema Mercy, dos Madame Monsieur, está neste momento em terceiro lugar nas casas de apostas. Neste sentido, a presidente da Câmara Municipal de Paris demonstrou o desejo de realizar o concurso na sua cidade, caso França se sagre vencedora. Em entrevista ao 20 Minutes, Anne Hidalgo coloca assim a cidade de Paris como uma das candidatas ao certame do próximo ano.

Depois de ultrapassar Israel, Eleni Foureira apresenta-se como favorita à vitória para os apostadores. Caso o Chipre vença em Lisboa, a emissora CyBC estará pronta para receber o Festival da Eurovisão pela primeira vez. Michael Maratheftis, diretor-geral da televisão pública admitiu, em entrevista à BBC: “teríamos muito prazer, disposição e capacidade de receber a Eurovisão caso a vitória aconteça“.

Depois de ter vencido em 2009, Alexander Rybak volta a representar a Noruega na Eurovisão. O tema That’s How You Write A Song tem sido bem recebido pelos apostadores, que o colocam em segundo lugar.

Dada a popularidade da canção, a emissora norueguesa revelou que começou a preparar uma possível edição do Eurofestival. O diretor-geral, Thor Gjermund Eriksen, explicou que a emissora estatal NRK deve estar preparada para que a organização do concurso não coloque em perigo a produção diária do canal. A Ministra da Cultura da Noruega, Trine Skei Grande já fez saber que o Governo apoiará financeiramente o espectáculo.

O Festival Eurovisão da Canção realiza-se pela primeira vez em solo nacional após a vitória de Salvador Sobral em Kiev, no ano passado. A primeira semifinal realizou-se no dia 8 de maio e, esta quinta feira (10) o Parque das Nações recebe a segunda meia final. A Grande Final terá lugar no dia 12.