O leque de personagens de Game of Thrones é (mais do que) extenso. Mas mesmo assim, se tivermos de identificar as mais enigmáticas, não pensaríamos duas vezes em escolher os White Walkers. Qual é afinal o propósito destes personagens?

Mesmo entre personagens tão estranhas como as que encontramos em Game of Thrones e As Crónicas de Gelo e Fogo, os White Walkers, ou Os Outros, como são designados nos livros, destacam-se.

Muito pouco se sabe sobre eles, especialmente no que toca à saga literária, onde estes só apareceram em dois dos livros (A Guerra dos Tronos e A Tormenta de Espadas), embora George R.R Martin tenha dito que haverá mais espaço para Os Outros no próximo livro da saga, The Winds of Winter. Na série estes já derrubaram bastantes Irmãos da Patrulha da Noite e até um dos dragões. Mas qual é a sua finalidade e qual o seu papel na história?

Relativamente à série, estes parecem apenas almejar o controlo do mundo, ou algo parecido, mas em As Crónicas de Gelo e Fogo as coisas são ainda menos claras.

Muitos pensam que os White Walkers são a representação do mal, que deve ser combatido, tal como acontece na maioria das sagas de fantasia. Mas George R. R. Martin já demonstrou várias vezes que não se encontra interessado num confronto do bem contra o mal. Assim sendo, é pouco provável que Os Outros apenas queiram destruir e dominar o mundo, mantendo a questão fundamental de pé: qual é então o seu propósito e finalidade?

white walkers

Fonte: Giphy

Acabar com a humanidade?

Primeiro que tudo, é preciso ter em mente que os White Walkers não são zombies, mas sim criaturas vivas “feitas de gelo”, que possuem a habilidade de transformar os mortos em zombies e controlá-los.

Na série produzida pela HBO, foi revelado que Os Outros foram criados pelos Filhos da Floresta para que os protegessem dos humanos. Assim, talvez o seu propósito esteja explicado. Eles podem estar a tentar seguir o seu original propósito existencial: acabarem com a raça humana.

Contudo, pode não ser assim tão simples. Afinal de contas, os White Walkers parecem ter uma espécie de relação com os humanos. Basta recordar que estes levavam os bebés de Craster, possivelmente para os transformar em novos White Walkers. Além disso, existe ainda a existência da lenda de um Comandante da Patrulha da Noite que se apaixonou por uma White Walker, com quem, segundo consta, até chegou a ter filhos.

Em tempos remotos pode até ter havido uma coexistência que acabou com um tratado, em que era erguida a Muralha e cada um ficava do seu lado. Afinal de contas, a Muralha é feita de gelo (mágico), sendo que pode ter havido um grande contributo dos White Walkers para a sua construção. E agora, estão a rumar para sul devido aos humanos terem quebrado (nem que tenha sido sem intenção) esse pacto do passado que caiu em esquecimento.

white walkers

Fonte: Giphy

Medo de Dragões?

Se analisarmos, o início da marcha dos White Walkers para sul, esta coincide praticamente com o eclodir dos ovos da Daenerys. Eles podem ter “pressentido” este eclodir e terem partido para sul.

Para acabar com os Targaryen e os seus dragões? Ou porque precisam dos dragões para alguma coisa?

Ou talvez o verão tenha sido muito longo e eles precisem de agir para trazer o inverno de volta a Westeros?

white walkers

Fonte: Giphy

Seja como for…

O propósito d’Os Outros não é claro. Mas é mais provável que estes estejam a encaminhar-se para sul devido a um antigo pacto que foi quebrado (ou algo do género) do que apenas para destruir as vidas de quem se encontra para cá da Muralha. É muito pouco provável que sejam apenas figuras do mal, mas antes um grupo organizado de seres inteligentes que segue as suas próprias regras e ideias.

white walkers

Fonte: Giphy

LÊ TAMBÉM: ANTÓNIO LOBO ANTUNES RECEBE PRÉMIO LITERÁRIO NA ROMÉNIA