Regresso aguardado para a segunda ronda de ensaios para a primeira semifinal, que arrancou na manhã desta quinta-feira (3), no Altice Arena, em Lisboa, Mikolas Josef parece recuperado depois do acidente nos ensaios que o levou para o hospital, mas ainda com algumas limitações nos movimentos.

O cantor checo, um dos favoritos para a edição deste ano, apresentou-se na melhor forma vocal com Lie To Me, porém com algumas dificuldades ao nível físico. Os testes para a noite de terça-feira decorreram também com alguns ajustes técnicos a fazer, nomeadamente ao nível do auricular (in-ear) e do posicionamento de alguns dos adereços de palco.

Recordamos que na sequência da primeira ronda de ensaios, depois de uma queda, Mikolas foi internado, com uma lesão nas costas, num hospital lisboeta. Durante esse período acabou mesmo por revelar que não conseguia andar.

A performance da candidatura checa em Lisboa incluia algumas acrobacias durante a coreografia e envolvia, por isso mesmo, algum risco adicional. Por conselho médico, os movimentos mais arriscados da rotina de dança foram retirados, revelou o próprio Mikolas em conferência de imprensa.

Josef, com 22 anos, é atualmente um dos mais populares artistas da República Checa. Iniciou a carreira como artista de rua e, em 2015, lançou o seu primeiro single, Hands Bloody. Foi em 2016, com Free, que conquistou o sucesso pela primeira vez no seu país natal.

Espalha-Factos está a acompanhar, diariamente, a preparação para as grandes noites eurovisivas. Segue as atualizações, em direto, no nosso Instagram.

Atualizado às 14h30 com informações da conferência de imprensa