A extensa e intrincada história de Portugal traz consigo uma grande quantidade de monumentos e fortificações que valem a pena uma visita. Os castelos deste país não são exceção, e o Espalha-Factos mostra-te alguns dos menos falados, mas que devem ser passagem obrigatória nas tuas escapadinhas.

1. Castelo de Almourol

Situado no concelho de Vila Nova da Barquinha, Santarém, a arquitetura do castelo evoca os primórdios do Reino de Portugal e a Ordem dos Templários, características que lhe atribuem misticismo e romance. No cimo de um pequeno ilhéu escarpado, este monumento medieval recebeu vários eventos do Estado Novo, depois de ter sido adaptado a Residência Oficial da República Portuguesa.

Fonte: Daniel Feliciano/Wikimedia Commons

2. Castelo dos Mouros

Completamente adaptado ao terreno rochoso onde se encontra, o Castelo de Sintra ou Castelo dos Mouros foi construído pelos Mouros do norte de África, durante o século X, de modo a guardar a cidade de Sintra. Só mais tarde é que o monumento viria a ser restaurado pelas mãos de D. Fernando II, visto como grande apreciador de arte. As duas cinturas de muralhas e a aproximação com a natureza fazem deste castelo uma paragem obrigatória.

Fonte: Daniel VILLAFRUELA/Wikimedia Commons

3. Castelo de Elvas

Considerado Património Mundial da Humanidade pela UNESCO, o Castelo de Elvas é exemplo de estratégia defensiva erguida durante vários séculos. Localizado no distrito de Portalegre e de caras com o país vizinho, este monumento foi apontado como uma das primeiras e principais defesas do Reino de Portugal durante a Guerra da Restauração. É olhado como um dos melhores exemplos de evolução de arquitetura militar do país.

Fonte: Nmmacedo/Wikimedia Commons

4. Castelo de Marialva

No topo de um penedo granítico do concelho de Mêda, na Guarda, o Castelo de Marialva encontra-se em ruínas, mas ainda é possível admirar a extensa muralha de granito, o pelourinho, a torre de menagem, a alcáçova e a cisterna. Em 1978 foi considerado Monumento Nacional e, em 1986, tiveram início as suas obras de recuperação.

5. Castelo de Monsaraz

Com vista para a Barragem do Alqueva, o Castelo de Monsaraz, em Évora, teve um papel crucial na Guerra da Restauração com as suas muralhas a servirem de base a artilharia. O agora monumento viria a ser edificado no reinado de D.Dinis, por cima de uma estrutura defensiva já existente. Entre as mãos de mouros e lusitanos, este local foi palco de batalhas da reconquista e da restauração.

Fonte: Concierge.2C/Wikimedia Commons