maio
Foto: Visualhunt

10 livros para ofereceres no Dia da Mãe

O dia de homenagear a mãe e a maternidade está quase aí. E não existe mimo melhor para presenteares a tua mãe neste dia do que com um livro! Precisamente a pensar nisto, o Espalha -Factos elaborou uma lista composta por dez livros, ideais para ofereceres à mulher da tua vida.

A Mãe, Pearl S. Buck

a mãe, pearl s. buck
Fonte: Wook

Neste livro é descrita a vida simples e rude do povo chinês através do olhar de uma mulher e mãe. Através da sua suada e árdua, são-nos dados a conhecer os sentimentos mais profundos que assolam uma mulher casada e mãe de três filhos pequenos.

A filha da minha melhor amiga, Dorothy Koomson

a filha da minha melhor amiga, dorothy koomson
Fonte: Wook

Adele Brannon e Kamryn eram as melhores amigas desde a faculdade, com uma amizade como existem poucas. Mas esta amizade foi destruída num ápice devido a uma traição que deixará para sempre a sua marca.

Anos depois, sendo já Kamryn uma mulher com uma vida estável e sem ligações pessoais complexas, esta recebe, no seu dia de aniversário, o contacto de Adele: esta esta encontra-se às portas da morte e implora a Kamryn que adote a sua filha Tegan, fruto de uma relação ilícita de uma noite.

A Papisa Joana, Donna Woolfolk Cross

a papisa joana, donna woolfol cross
Fonte: Wook

A obra relata a lenda envolta da papisa Joana, a mulher dotada de uma inteligência extraordinária e com um força de carácter poderosa, que a levaram a atingir o mais elevado grau da hierarquia religiosa católica. Servindo-se de uma investigação rigorosa como suporte, o romance relata a história de uma mulher que não aceitou as limitações que lhe eram impostas, ao mesmo tempo que enovela o leitor nas complexas lutas de poder, conspirações, segredos políticos e fanatismos.

A Mãe é Top, Ana Cardoso

a mãe é top, ana cardoso
Fonte: Wook

Um livro que, através do humor, relata em que consiste ser mãe atualmente. Baseando-se na  experiência da própria autora, e no desafio em que consiste conjugar a carreira profissional com a maternidade, Ana Cardoso não se lamenta. Antes pelo contrário, através de histórias simples e engraçadas faz um retrato fiel (pelo menos da sua experiência) do que é ser mãe nos dias de hoje.

Frágil, Jodi Picoult

frágil, jodi picoult
Fonte: Wook

Willow, a linda e muito desejada filha de Charlotte O’Keefe, nasceu com osteogénese imperfeita – uma forma grave de fragilidade óssea.

Após anos e anos a tratar de Willow, a família enfrenta graves problemas financeiros. É então que Charlotte lhe vê apresentada uma solução: processar a obstetra por negligência, ao não ter diagnosticado a doença de Willow numa fase inicial da gravidez, quando ainda fosse possível abortar. A indemnização pode assegurar o futuro de Willow, mas para isso Charlotte tem de processar a sua melhor amiga e declarar perante o tribunal que preferia que Willow nunca tivesse nascido…

O Livro da Mulher, Sofia Serrano

o livro da mulher, sofia serrano
Fonte: Wook

Pensado e escrito por uma mulher e para mulheres, este livro é um guia para todas as mulheres, nas diferentes fases da vida, seja na infância, na adolescência, gravidez ou menopausa.

Na obra são revelados os segredos do corpo e da mente femininas, desde a sexualidade à alimentação mais adequada em cada fase da vida, este é um livro que mostra às mulheres como viverem de forma saudável, em cada altura da sua vida.

O Menino de Cabul, Khaled Hosseini

o menino de kabul, khaled hosseini
Fonte: Wook

No inverno de 1975, em Cabul, tudo o que Amir mais deseja no mundo é ganhar um concurso de papagaios para poder impressionar o seu pai e, Hassan, o seu amigo inseparável, está determinado a ajudá-lo. Mas, na tarde do concurso, um terrível acontecimento vai destruir os laços que unem os dois rapazes para sempre. E, mesmo quando a família de Amir é forçada a fugir do Afeganistão após a invasão soviética, Amir sabe que um dia terá de regressar à sua terra natal em busca de redenção.

As mães dos escritores

as mães dos escritores
Fonte: Wook

Nesta obra estão compilados poemas, textos e cartas de escritores dedicados às suas mães. Seja de que maneira for, a mãe é uma figura omnipresente na vida de qualquer ser humano, e é nos textos sobre esta figura que este livro se apoia. Além de descortinar um pouco sobre a vida e obra de diversos escritores, o livro faz uma homenagem a todas as mães do mundo.

Entre os escritores e os seus trabalhos, estão contemplados Fernando Pessoa, Marcel Proust, Baudelaire, Victor Hugo, Edgar Allan Poe, Gogol, Flaubert, Antero de Quental, Oscar Wilde, Tchekov, Raul Brandão e Mário de Sá- Carneiro.

O Hotel das Recordações, Nora Roberts

o hotel das recordações, nora roberts
Fonte: Wook

O histórico hotel de Boonsboro já teve inúmeros donos ao longo do tempo. Agora prepara-se para ser reinaugurado pelos irmãos Montgomery. Beckett, o arquiteto da família, está determinado a finalizar as grandes obras, mas a sua vida atarefada não o desvia de um outro grande objetivo: atrair a atenção da mulher por quem está apaixonado desde a adolescência. Depois de perder o marido e regressar à sua terra natal, Clare Brewster cedo se adapta à sua nova vida como mãe de três filhos e gerente da livraria da cidade. Com pouco tempo para uma vida romântica, Clare acaba por ser envolvida nos preparativos do novo hotel e deseja conhecer melhor o homem por trás dele. Enquanto não chega o dia da inauguração, Beckett e Clare conhecem-se melhor e sentem a crescer entre eles o início de algo novo… Irá abrir-se nas suas vidas a janela para um futuro juntos?

Querida Mãe, Eduardo Sá

querida mãe, eduardo sá
Fonte: Wook

Tido como leitura obrigatória, esta é mais uma obra de exaltação à maternidade, pois “as mães sabem coisas que ninguém mais sabe. Parece que têm apenas cinco sentidos, mas não. As mães têm tudo, mas às vezes esquecem-se. Teimam em ser melhores ainda do que as mães delas. E roídas pelo remorso, acham sempre que podiam ter feito melhor!”

O livro serve ainda de guia para todas as mães que estejam a passar por dificuldades em lidar com os filhos.

“Como Deus não podia estar em todo o lado ao mesmo tempo, criou as mães.”
LÊ TAMBÉM: COLABORATIVA.MENTE: A ARTE DE CRUZEIRO SEIXAS E VALTER HUGO MÃE EM EXPOSIÇÃO EM LISBOA
Mais Artigos
Dino d'Santiago
Já podes ouvir o novo disco de Dino d’Santiago