Arthur MacCaig foi um realizador de cinema de guerrilha que documentou o conflito armado na Irlanda do Norte durante décadas. Grande parte do seu arquivo raramente foi exibido. MacCaig também foi o pai ausente de Donal Foreman, o realizador deste The Image You Missed.

Neste documentário ensaístico, parte de uma série produzida por Nicole Brenez e Philippe Grandrieux dedicada a realizadores políticos, as imagens de um passado ainda quente transformam-se em filmes caseiros de uma relação complicada. Um filme que põe, finalmente, pai e filho a conversar e a “co-realizar”. O filme faz parte da competição internacional do IndieLisboa 2018.

The Image You Missed é um documentário sobre a memória fotográfica e como as imagens alteram a nossa relação com a realidade. Como o próprio realizador identifica a meio do seu filme, este procura conhecer o seu pai através do seu trabalho. A história segue uma linha semelhante a Stories We Tell (2012).

Foreman narra o documentário de forma omnipresente, nunca o ouvimos durante muito tempo, lançando apenas questões sobre o passado do seu pai. Na verdade, o realizador procura focar-se nas atividades do IRA. O conflito da Irlanda do Norte é o grande cenário sobre o qual Donal se debruça. Aqui procura extrair significado das imagens do seu pai, chegando mesmo até a colocá-las lado a lado com as suas.

A relação entre pai e filho é deixada a flutuar entre as imagens de arquivo da coleção de MacCaig. Foreman recorre a cartas trocadas entre a sua mãe e o seu pai, ausente durante os primeiros anos da sua vida. Ao narrar a correspondência, o realizador procura reconstruir o vida do seu pai através da forma como este filmou o conflito. A longa-metragem é aqui marcada por uma montagem dissonante, que procura atribuir uma formula estilística às imagens, mas também intensificar as suas representações. 

Nunca é totalmente certa qual a intenção que Foreman coloca no seu filme. A sua aproximação aos confrontos irlandeses demonstra a destruição e magnitude que estes acontecimentos tiveram na sua própria vida. A forma de chegar ao seu pai é através de fotografias, filmagens, cartas e entrevistas, dando-nos a sensação de que este jovem conhece o mesmo que a audiência sobre MacCaig. A homenagem ao seu trabalho é evidente e talvez essa seja um dos melhores resultados da sua pesquisa.

The Image You Missed é um documentário revestido de um sentimento de coming of age, ao contar tanto sobre o pai como do filho. A sua procura é refletida no tratamento das imagens, da sua escolha e da montagem. A buscar é atribulada, por vezes perde-se mesmo na sua curta duração de uma hora, mas o seu formato experimental é particularmente interessante. Donal põe em questão as imagens não só como storytelling, mas como fragmentos da realidade.

No final, ao vermos o último encontro entre pai e filho, somos deixados com uma imagem, capturada nos tempos atuais, de dois comboios que se cruzam na linha e outra de Arthur num comboio durante as suas viagens. Neste paralelismo Donal situa-se junto ao seu pai, se pelo cinema se afastaram, será por essa mesma via que voltam a encontrar-se.

5/10

Título: The Image You Missed
Realização: Donal Foreman
Argumento: Donal Foreman
Elenco:  Arthur MacCaig
Género: Documentário, Biografia, História
Duração: 74 minutos