Os esforços para a reconstrução e reabilitação após os grande incêndios que abalaram Portugal no ano passado continuam. A Google.org doou 100 mil euros à Cruz Vermelha Portuguesa para reforçar, durante um ano, os cuidados prestados às vítimas e a recuperação de  áreas afetadas.

O dinheiro doado por esta filial da Google tem em vista a implementação de equipamentos de teleassistência nos concelhos de Oliveira do Hospital, Pampilhosa da Serra e Arganil. De forma gratuita e através de um simples botão, este serviço permite uma resposta imediata a pessoas autónomas ou dependentes (como idosos, cidadãos isolados ou doentes) que se encontrem numa situação de emergência.

Do outro lado vai estar um elemento do Contact Center da Cruz Vermelha Portuguesa, numa atividade disponível 24 horas por dia, 365 dias por ano e em todo o território nacional.

A Google.org dedica-se à filantropia e ao apoio de organizações sem fins lucrativos. Para além de financiamento, esta filial faculta produtos e conhecimento dos voluntários da Google.

Cruz Vermelha fornece apoio psicológico e material às populações

Para além do donativo da Google.org, a Cruz Vermelha Portuguesa conseguiu reunir ainda cerca de 573 mil euros através do Fundo de Emergência, 150 mil euros da campanha “DáVinte” da Worten, 1035 euros do concerto solidário Tuna Euterpe União de Penedos e mais de mil dólares do Center for Disaster Philanthropy.

Este montante vai ser aplicado, entre outros, na compra de uma viatura de emergência, duas tendas de emergência, serviço de teleassistência durante um ano, apoio psicológico, alimentação de animais, reparação de viaturas e reconstrução de cinco casa. A Cruz Vermelha Portuguesa está envolvida na recuperação das zonas afetadas desde o primeiro dia através da participação de 40 estruturas locais na resposta de emergência.