J. Cole anunciou que o seu quinto álbum de originais, KOD, vai ser lançado na próxima sexta-feira (20). O anúncio foi feito num evento exclusivo organizado por Cole, que decorreu no Gramercy Theatre, em Nova Iorque.

Foi durante a tarde desta segunda-feira que J. Cole anunciou o evento cujo propósito era desconhecido e que levou muitos fãs a achar tratar-se de um concerto secreto. A publicação foi feita no Twitter, e a mensagem era críptica: “come through”, escreveu.

https://platform.twitter.com/widgets.js
Entraram os primeiros a chegar e a abertura das portas deu-se pelas 18 horas. Não foram permitidos telemóveis, câmaras fotográficas, malas e não houve guest list nem foi permitida entrada da imprensa. Cerca de 500 fãs acorreram ao local.

Os fãs que tiveram a sorte de entrar no Gramecy Theatre foram presenteados com a apresentação ao vivo, pelo rapper, do seu novo disco. Depois da mostra integral das canções que compõem o novo álbum, Cole anunciou, novamente no Twitter, a data do seu lançamento: sexta-feira, dia 20.

https://platform.twitter.com/widgets.js
Apesar de Cole ter pedido aos fãs que mantivessem o que se passou na listening session em segredo, compreende-se que esta não seja uma promessa fácil de cumprir. De acordo com alguns fãs e representantes de publicações que participaram no evento, o novo de disco de J. Cole não tem participações. É composto por 12 faixas, sendo a última, 1985, a introdução de outro projeto. Sabe-se ainda que KOD tem três significados: Kids On Drugs, King Overdosed e Kill Our Demons.

Outro dos pormenores partilhados pelo artista foi o curto tempo de criação do álbum: apenas duas semanas. Cole voltou atrás no processo criativo apenas para aperfeiçoar as três últimas canções do disco e ainda assumiu poder ter “criado um clássico”.

O novo disco sucede a 4 Your Eyez Only, quarto álbum de estúdio do rapper, que estreou na primeira posição da tabela Billboard 200 nos EUA. 4 Your Eyez Only foi lançado no final de 2016 e conseguiu, ainda assim, fazer parte de muitas listas de melhores álbuns desse mesmo ano. O Espalha-Factos não foi exceção, tendo o disco integrado a lista de melhores discos de hip hop de 2016 da equipa.