A 57ª Semana da Crítica de Cannes, que decorrerá entre os dias 9 e 17 de maio, selecionou dois filmes portugueses: Diamantino, de Daniel SchmidtGabriel Abrantes (a dupla é conhecida por Tristes Monroes), e Amor, Avenidas Novas, de Duarte Coimbra.

Diamantino, a primeira longa-metragem de Abrantes, é uma co-produção entre Portugal, Brasil e França.  A obra, acerca de um jogador de futebol, é protagonizada por Carloto Cotta e o elenco conta ainda com Cleo Tavares e as irmãs Anabela e Margarida Moreira.

A curta Amor, Avenidas Novas foi realizada em contexto escolar e produzida pela Escola Superior de Teatro e Cinema. Antes de chegar a Cannes, o filme irá integrar a competição nacional e internacional de curtas-metragens do festival IndieLisboa.

A Semana da Crítica de Cannes é uma iniciativa do Sindicato Francês dos Críticos de Cinema e foi criada em 1962 com o objetivo de revelar novos talentos. O seu júri será presidido pelo realizador dinamarquês Joachim Trier (Ensurdecedor).

A abertura da Semana da Crítica ficará a cargo de Wildlife, primeiro filme do ator Paul Dano O encerramento faz-se com Guyde Alex Lutz.