O álbum de estreia de Cardi B, lançado há uma semana, atingiu um máximo histórico. Invasion Of Privacy tornou-se o álbum de uma artista feminina mais ouvido de sempre na semana de lançamento na Apple Music, superando o recorde de Taylor Swift.

O álbum foi ouvido mais de 100 milhões de vezes na Apple Music, durante a semana passada. Isto traduz-se numa duplicação dos streamings obtidos pela norte-americana Swift com Reputation (2017). Porém, convém realçar que a intérprete de Bad Blood não cedeu os direitos do seu álbum ao serviço da Apple até três semanas após a sua edição.

Cardi B, quebradora de recordes e estrela em ascensão

Esta não é a primeira vez que a rapper em ascensão rouba as atenções a Taylor Swift. Em setembro de 2017, a latina conseguiu levar o seu single de estreia, Bodak Yellow, ao topo da Billboard Hot 100. Swift andou por lá firme durante as três semanas anteriores com Look What You Made Me Do.

Cardi B tornou-se, assim, a primeira mulher rapper, em cerca de 20 anos, a estar no primeiro lugar do top norte-americano. Sagrou-se também a quinta de sempre a figurar no primeiro lugar das Hot 100.

No entanto, para além de ter polvorizado um recorde de uma das maiores estrelas da pop mundial, Cardi B conseguiu agora o quinto lugar no top da Apple Music dos álbum mais ouvidos de sempre. Aqui implica-se uma sobreposição aos últimos álbuns de The Weeknd e Ed Sheeran.

E nos tops portugueses?

No Spotify, Cardi B está representada por quatro vezes no top As 50 virais de Portugal. I Like It, tema que faz parte de Invasion Of Privacy e onde estão presentes Bad Bunny e J Balvin, está no sétimo lugar do top, liderado por Faz Gostoso de Blaya.