Em comunicado revelado esta segunda (9), os Fleetwood Mac confirmam a saída de Lindsey Buckingham. A Rolling Stone alega tratar-se de um despedimento, na sequência de divergências relativas à próxima tournée da banda. O anúncio vem poucos dias depois do regresso de Dreams ao top americano de rock.

A confirmação conclui o press release, relativo à digressão programada para este outono. “Lindsey Buckingham não tocará com a banda nesta tour. A banda deseja tudo de bom ao Lindsey.” A substituir Buckingham estarão Mike Campbell, dos Tom Petty & the Heartbreakers, e Neil Finn, dos Crowded House.

No comunicado, o membro fundador Mick Fleetwood elabora: “Tocamos com o Mike e o Neil e a química realmente funcionou e deixou a banda perceber que esta é a combinação certa com que prosseguir, no estilo Fleetwood Mac. Sabemos que temos algo novo, embora tenha o inconfundível som dos Mac.

A mudança fora indiciada pelo antigo guitarrista do grupo, Billy Burnette. Num tweet removido de 4 de abril, disse: “Última hora: o Lindsey Buckingham está fora, mas eu não estou dentro.

Trata-se da segunda cisão de Buckingham com os Fleetwood Mac, após a sua adesão inicial em 1974, ao lado de Stevie Nicks. Deixara a banda em 1987, retornando em 1996 para participar na digressão The Dance. Em atividade, desempenhou as funções de vocalista, guitarrista e teclista, compondo grande parte do catálogo da banda.

Os próximos afazeres dos Fleetwood Mac

As datas da tournée estão por anunciar. Em referência ao repertório, os Fleetwood Mac prometem tocar “todos os êxitos que os fãs adoram“, em adição a outras surpresas. Resumem: “Os Fleetwood Mac sempre foram uma evolução criativa. Ansiamos honrar esse espírito nesta próxima tour.

A última atuação do grupo teve lugar este ano, no evento MusiCares Person of the Year, onde foram homenageados. Ainda com Buckingham, acabaram o seu alinhamento com a canção Go Your Own Way.

Em junho de 2017, Buckingham colaborou com Christine McVie num disco de inéditos; as faixas tinham contribuições de todos os membros da altura dos Fleetwood Mac, exceto Nicks.