Sabemos que ainda agora a primavera (timidamente) chegou, mas o Espalha-Factos acompanhou esta onda de antevisão da indústria da moda e trouxe-te uma lista de algumas tendências para o regresso do Inverno. 

Apesar da industria da fast-fashion estar a ganhar terreno, enquanto as grandes marcas se tentam adaptar aos novos tempos através da adesão ao conceito “See New, Buy Now”, as semanas da moda continuam a funcionar como pequenos Flashforwards revelando tendências que vão marcar o ano seguinte.

Oversized

Nada melhor para combater o frio do que usar tecidos quentes e confortáveis. Para o inverno de 2018/2019, esperam-se coleções recheadas de peças oversized , que devem ser maioritariamente conjugadas em coordenados com várias camadas.

Faux Fur

Se passaste o inverno à procura das melhores peças em pelo não deites tudo a perder agora. A grande tendência do inverno de 2017 vai voltar nos últimos meses de 2018 e em moldes muito semelhantes: vale tudo – quer sejam pequenos apontamentos, da cabeça aos pés, colorido ou em tons mais frios.

Statement

Peças Statement  atraem todos os olhares e conseguem tornar até o coordenado mais básico em algo cheio de personalidade e atitude. A moda é uma arte e , como tal, não tem limites. Os cortes mais invulgares, as paletas de cores mais extravagantes e os estampados mais excêntricos vão dar ao próximo inverno um brilho especial.

Animal print

Não podemos dizer que esta tendência regressou quando, na verdade, ela nunca chegou a ir embora. No entanto, temos de admitir que a popularidade do Animal Print desvanece com a entrada no anos 2010 e passa, inclusivamente, a ser associada a um estilo descuidado e pouco elegante. Mas, como tudo na moda é um ciclo, a tendência volta agora para ficar e marcar o fim da década.

 

LÊ TAMBÉM: A BELEZA REAL JÁ NÃO É SÓ PARA MULHERES
Estilo Futurista

Se nas últimas estações a Vibe futurista já pairava no ar, foi com o desfile de Alexander Wang na Semana da Moda de Nova York que a tendência se fortificou. A onda Matrix, do final dos anos 90,  ganha agora, com o uso dos plásticos e das transparências, um lado de luxuria e sensualidade através de uma tendência que rapidamente se propagou pelas mais conceituadas semanas da moda mundiais.

Alexander Wang. Foto: Indigital

Cor

Com a entrada da época mais fria do ano os nossos roupeiros tendem a perder alguma da cor que os invade durante os restantes meses. Os designers parecem querer alterar esta realidade. As coleções nacionais e internacionais para o inverno 2018 foram desenhadas com paletas de cores vivas e variadas combatendo o estigma de que a moda de inverno deve ser contida e monocromática.

Mistura de estampados

A uma paleta de cores variada junta-se a possibilidade infinita de combinações.

Revenge of the 80’s

A cultura na sua generalidade está perante uma fase saudosista: seja através de festas temáticas, como a cada vez mais reconhecida revenge of the 90’s ou de series televisivas como o mais recente sucesso de Nuno Markl , 1986.  A  geração adulta está a regressar às suas origens e a trazer das mesmas toda a inspiração possível para as suas criações. A prova? Qualquer uma das tendências até agora referidas podiam facilmente ser encontradas num grande evento da década de 80.