Depois da estreia mundial no festival Fantasporto, o filme português Uma Vida Sublime, realizado por Luís Diogo, marca presença no Phoenix Film Festival e no Chicago Latino Film Festival, nos Estados Unidos, durante o mês de abril.

A partir desta quinta-feira (5), o estado de Arizona vai exibir, pela 18.ª vez, centenas de longas e curtas-metragens de todo o mundo. Uma Vida Sublime, filmado em vários lugares de Portugal, é um dos selecionados para a competição World Cinema, que envolve oito longas-metragens de ficção e documentários. A sua apresentação será nos dias 6, 7 e 8.

A representar Portugal no círculo iberoamericano, a longa-metragem de Luís Diogo também será exibida em Chicago, na 34.ª edição do Chicago Latino Film Festival, onde podem contar com a presença do próprio realizador na exibição, que decorre nos dias 6 e 8 de abril.

Com Eric da Silva, Susie Filipe e Rui Oliveira como protagonistas, Uma Vida Sublime conta a história de um médico que recorre a situações limite em busca da felicidade. Dr. Ivan (Eric da Silva) encontra duas curas radicais para a infelicidade: o diagnóstico de cancros terminais falsos e a eliminação temporária de alguns dos cinco sentidos. Estas terapias invulgares resultam em efeitos secundários imprevisíveis.

Apoiado pelos municípios de Paços de Ferreira e Castelo Branco, o filme será ainda exibido em Portugal, na 22.ª edição do festival AVANCA, durante a última semana de julho, no concelho de Estarreja.