Vai ser no próximo dia 7 de abril que o palco do Lisboa ao Vivo irá receber José Cid. O músico vai promover o seu mais recente trabalho, Clube dos Corações Solitários do Capitão Cid.

Para apresentar aquele que considera ser o mais ecléctico dos seus álbuns, José Cid vai ter consigo três convidados especiais. O concerto tem a participação da banda Capitão Fausto, aos quais é dedicado o tema A Banda do Capitão Fausto. Também o amigo de longa data Tozé Brito, que irá interpretar consigo a canção João Gilberto e Astor Piazzolla, vai marcar presença. E ainda Zé Manel, mais conhecido como Darko, vai juntar-se a Cid.

Tal como acontece regularmente nas suas digressões, Cid apresenta-se em palco com o acompanhamento da Big Band.

O álbum Clube dos Corações Solitários do Capitão Cid apresenta 16 temas díspares na poesia e construção melódica. Entre eles, encontram-se temas dedicados a Natália Correia, Marilyn Monroe e aos Capitão Fausto.

Cid homenagea ainda os Beatles, com The Fab 4, uma versão do tema Ode to the Beatles do Quarteto 1111 (1970). A capa do álbum mostra uma recriação de Sgt. Peppers Lonely Heart Club Band. Nela, estão presentes várias personalidades nacionais e internacionais como Marcelo Rebelo de Sousa, Nicole Kidman ou Luís de Camões.

Os bilhetes para o evento encontram-se à venda nos locais habituais por 15 euros.

No ativo desde 1956, o cantor é um dos nomes mais aclamados da música portuguesa. Alcançou a fama em 1967 como membro do Quarteto 1111, com a canção A lenda de El-Rei D.Sebastião. Em 1980, venceu o Festival RTP da Canção e representou Portugal no Festival Eurovisão da Canção, tendo terminado na sétima posição com Um grande, Grande Amor.

Recentemente, o rapper norte-americano Jay Z utilizou uma sample do tema Todo o Mundo e Ninguém, do Quarteto 1111, no seu álbum 4:44.