A décima edição da mostra De Tomar e dos Conventos arranca no dia 1 de abril e vai decorrer até ao fim do mês. São 18 as pastelarias de Tomar que aderiram a esta iniciativa em que os doces conventuais são os protagonistas.

Além dos doces disponíveis nas pastelarias durante todo o mês, no dia 25 de abril vai ser possível provar todas as iguarias na Praça da República. Doce passeio doce é o nome desta mostra e venda de doces tradicionais, que vai estar no centro da cidade entre as 15h e as 18h30.

Ingrediente principal: muito açúcar

A maioria dos doces conventuais é confecionada com açúcar e gemas de ovos, mas variedade e originalidade não faltam. As tradicionais fatias de Tomar fazem parte das sugestões da maioria dos espaços aderentes. São preparadas com gemas de ovo batidas e cozidas em banho-maria numa panela fabricada exclusivamente na cidade.

Dado que Tomar é conhecida como cidade dos templários, não podiam faltar as espadas Dom Gualdim, as janelinhas do Capítulo, as telhas do Convento e as templárias. Todas estas são especialidades da Pastelaria Templária.

LÊ TAMBÉM: 15 BRUNCHES NO PORTO QUE NÃO PODES PERDER

As tigeladas são outra aposta de seis pastelarias: Padaria e Pastelaria Rosa (tem três espaços na cidade), Doçaria Estrelas de Tomar, Padaria Combatente, Pastelaria Açúcar ao Quadrado, Pastelaria Pimpinela do Nabão e Tomar Tropical (tem quatro espaços).

Queijadas, cornucópias e broinhas de vários sabores também integram o açucarado leque de sugestões. Entre os doces com nomes mais criativos destacam-se os bolos de cama e os beija-me depressa.

Estas são as restantes pastelarias aderentes: A Rosa – Café dos Artistas, Legenda Medieval, Pastelaria Palco d’Especiarias, Pastelaria Pic-Nic (Alameda e São João), Pastelaria Requinte.