Jorja Smith é a mais recente confirmação do Super Bock Super Rock 2018. Um dos novos símbolos do R&B alternativo, a britânica vai atuar no Palco EDP. Marca presença no último dia do festival, que ocupa o Parque das Nações de 19 a 21 de julho.

Vencedora do BRIT Critics’ Choice Award, Smith oficializou a sua carreira em 2016.  Aderindo ao paradigma da iniciação via SoundCloud, o seu primeiro tema Blue Lights foi lançado na plataforma digital.

Seguiram-lhes, entre outros, Where Did I Go?, que se sagrou o seu maior sucesso até então, conseguindo o apoio de Drake. Colaborou com este em duas faixas da sua mixtape, More Life, editada em julho de 2017.

A consagração antes do disco de estreia

A cantora granjeou o quarto lugar na lista da BBC Sound of 2017, que destaca os músicos emergentes e mais promissores. Em 2016, fez a primeira parte da tournée de NAO pelo Reino Unido; este ano, já realizou uma digressão em nome próprio.

Project 11, primeiro EP de Smith, saiu em novembro de 2016, reunindo cinco inéditos. O sucessor será o seu álbum de estreia, confirmado pela cantora. Deverá incluir os primeiros singles de Smith a entrar no top britânico: Let Me Down, com Stormzy, e On My Mind, com Preditah.

Ligações a Khalid, Kali Uchis e… Marvel

Várias colaborações e projetos extraordinários têm pontuado a sua discografia. Em 2017, participou em Tyrant, dueto que fará parte do primeiro disco de Kali Uchis, Isolation. No ano seguinte, gravou I Am, tema que integra a banda sonora de Black Panther, da Marvel. A sua voz pode também ser ouvida numa remistura de Location, êxito do americano Khalid, e num single de beneficência pelo incêndio da Grenfell Tower.

O alinhamento do Super Bock Super Rock tem como destaques Travis ScottThe xx, Justice e Anderson .Paak & The Free Nationals. Smith partilha um palco que contará com atuações de Tom Misch, com quem anda em digressão, The Vaccines ou Sevdaliza.