Regressou ontem à noite uma das mais populares comédias norte-americanas dos anos 80 e 90, Roseanne. O episódio duplo de abertura da temporada agarrou mais de 18 milhões de espectadores e tornou-se a maior estreia da temporada 2017-2018.

Roseanne, protagonizada por Roseanne Barr, foi um dos grandes sucessos do canal americano ABC, tendo acumulado 222 episódios durante a sua primeira exibição, que decorreu durante os anos 1988 e 1997, num conjunto de nove temporadas. Regressa agora para uma décima temporada de nove episódios, dois dos quais foram emitidos ontem à noite.

As audiências dificilmente poderiam ter sido melhores para a série e para o canal: mais de 18 milhões de espectadores assistiram ao episódio duplo, tendo sido de longe o programa mais visto do dia. Em segundo lugar ficou o veterano NCIS da CBS, com perto de 12 milhões de espectadores.

No importante grupo etário 18-49, o mais importante para o valor comercial de uma série americana, o domínio de Roseanne foi ainda maior, com 5,1 pontos de rating. Por comparação, à mesma hora The Voice, do canal NBC, ficou-se por 1,6 pontos.

Com estes resultados, a série supera Young Sheldon, que era até ao momento o programa com o melhor episódio de estreia desta temporada televisiva.