1986, a série de Nuno Markl para a RTP que viaja até à primeira metade desse ano agitado da História portuguesa, bateu esta terça-feira (27) um novo máximo de audiências. A que se soma um público em crescendo no RTP Play.

A ficção da estação pública conseguiu ontem 3% de audiência média e 6,1% de share, o melhor registo de audiência e share desde a estreia, há duas semanas. Ao todo, foram 285,7 mil espectadores a acompanhar o terceiro episódio.

Dos mais jovens ao mais velhos, com enfoque na classe Média Alta

O público da emissão televisiva de 1986 é heterogéneo: A faixa etária com maior adesão, os maiores de 75 anos, representa 22,9% da audiência, sendo seguida pelos espectadores com 25 a 34 anos, que esta terça representaram 17,1% do público da série.

Lê também: ‘1986’. Uma cassete que vale a pena rebobinar

Quando analisadas as audiências por classe social, é especialmente na Média Alta que a série se destaca: 35,5% do público pertence ao ‘Status B‘. Neste grupo, a audiência foi 2,5 vezes maior do que nos restantes segmentos: 6,9% de audiência média e 14,8% de share.

RTP Play a bater recordes

1986 é, incontestavelmente, o programa mais visto da secção On Demand do RTP Play. De acordo com dados cedidos pela estação pública, desde a estreia, há 15 dias, já acumula 165 mil visitas.

O canal estatal decidiu estrear todos os episódios da série em simultâneo na sua plataforma de streaming, o que tem contribuído para o sucesso da produção junto do público mais jovem: Na audiência online, 45% dos espectadores da série tem menos de 34 anos.