O guitarrista norte-americano Jack White anunciou que os fãs não poderão utilizar os telemóveis durante os seus concertos. Captar imagens, fazer chamadas ou aceder à internet vai ser impossível para os mais agarrados ao smartphone.

Em entrevista ao Toronto Sun, Jack deixou claro que quer “surpreender as pessoas“. O músico pretende que os fãs “vivam o momento” como fazem em qualquer outro espaço cultural. “Vou ao cinema e as pessoas desligam o telemóvel. Num concerto de uma orquestra sinfónica ou numa igreja, idem“, explicou.

“Se o vosso telemóvel é assim tão importante para vós que não conseguem passar duas horas sem ele, precisam de ir à terapia”

O objetivo é fazer com que os fãs olhem para cima dos gadgets e desfrutem da música partilhada ao vivo. No início do ano, o ex-White Stripes já tinha deixado o aviso. Em comunicado, afirmou que os concertos da sua digressão seriam “livres de telefones“.

O “cofre” anti smartphone

Mas, afinal, como vai Jack White proibir os fãs de usar o telemóvel? A resposta é simples e assume a forma de uma bolsa especial, fabricada pela Yondr.

A estratégia passa por fechar os equipamentos numa bolsa à entrada da sala de espectáculos. “Todos os telefones e outros equipamentos de captação de fotografia ou vídeo serão fechados numa bolsa Yondr que será desbloqueada no final do concerto. A bolsa com o telefone ficará consigo durante o espetáculo e, se necessário, poderá abri-la a qualquer momento numa zona específica localizada à entrada ou no exterior“.

Quem quiser partilhar fotografias do concerto nas redes sociais, poderá fazê-lo com imagens cedidas pelo artista. A partilha dos registos dos espectáculos acontecerá no site oficial e na conta de Instagram Jack White Live.

Este equipamento não chegará a Portugal, já que Jack White irá atuar num festival de dimensão grande, o NOS Alive. O espetáculo está marcado para dia 14 de julho e já deverá servir para apresentar o mais recente trabalho a solo do músico, Boarding House Reachlançado a semana passada.