É certo que Game Of Thrones já nos convenceu que nenhuma personagem da série está totalmente a salvo. Contudo, as novas declarações da HBO relativas à última temporada da série vão deixar todos os fãs nervosos: vai haver muitas mortes. 

Foi esta terça feira (13), durante a Innovative TV Conference, em Jerusalém, que a vice-presidente sénior da HBO para séries de drama, Francesca Orsi, recordou o que sentiu durante a leituras dos textos para os seis episódios finais de Game Of Thrones. “Foi um momento muito marcante nas nossas vidas e nas nossas carreiras”, salientou Orsi durante um painel intitulado The Best Of HBO.

Foi ainda neste painel que a executiva acrescentou a chocante e misteriosa novidade sobre a temporada final de uma das mais bem sucedidas séries dos últimos anos. “Nenhum dos membros do elenco tinha ainda recebido o seu texto e [durante a leitura] um por um, começaram a cair nas suas mortes.” Orsi partilhou ainda que, depois da leitura dos textos, todos aplaudiram de pé durante 15 minutos. “Foi incrível”, acrescentou. “No final, todos tinham lágrimas nos olhos.”

Lê também: Peter Dinklage sobre o fim de Game Of Thrones: “Está na hora.”

Francesca Orsi e Casey Bloys (presidente da HBO) revelaram ainda a vontade de fazer perdurar o fenómeno de Game Of Thrones através de spinoffs que, segundo os executivos, vão estar ao nível da série original. “Seria uma má política não continuar”, confirmou Orsi“É por isso que [a série] gerou três, quatro, cinco spinoffs.”

A espera interminável

Em janeiro, a estação televisiva HBO confirmou que a temporada final de Game Of Thrones teria apenas seis episódios, com estreia marcada para 2019. Apesar da controvérsia gerada entre os fãs da série depois deste anúncio, Casey Bloys veio defender a decisão tomada pela estação e pelos próprios produtores da séries:

[A decisão] foi baseada na altura em que [os produtores da série, David Benioff e D.B Weiss] se sentiram mais orgulhosos do produto final. Não sei se se trata de um adiamento propriamente dito. Trata-se apenas do tempo necessário para exibir [uma temporada] ao nível das expectativas dos fãs.”

Ainda durante o mês de janeiro, Maisie Williams, uma das protagonistas da série, confirmou que a série voltaria em abril de 2019 depois de ter partilhado a opinião de Bloys: “Esta é uma temporada que não vão querer apressar. Temos o compromisso com o nosso público e com os nossos fãs para fazermos desta temporada a melhor possível.”