Com apenas um episódio restante até ao final desta quarta temporada de How To Get Away With Murder, o mistério em torno da morte de Wes (Alfred Enoch) começa a resolver-se, criando a oportunidade perfeito para o trazer de volta! The Day Before He Died estreou no canal ABC no dia 8 de março. Em Portugal, a série é exibida no AXN.

Através de flashbacks, descobrimos que Sandrine Castillo (Lolita Davidovich) se havia encontrado com Wes de modo a persuadi-lo a deixar de estar com Laurel (Karla Souza), inclusivamente subornando-o com uma grande quantia de dinheiro. O motivo? O envolvimento do jovem no caso dos Mahoney.

Com esta informação em mãos, Laurel decide tomar as rédeas do jogo. No escritório de Denver (Benito Martinez), ela faz um acordo: ceder todas as provas de que Denver estava envolvido com Dominic (Nicholas Gonzalez) e com a campanha ilegal do seu pai, em troca dos registos telefónicos da sua mãe.How To Get Away With Murder

Assim, Laurel possui agora provas suficientes de que a sua mãe contactou Jorge Castillo (Esai Morales) após descobrir que Wes estava a caminho da polícia. Parece agora claro que, juntos, os pais de Laurel foram responsáveis pela morte do seu namorado, o que faz com que a jovem comece a considerar maneiras de se vingar da sua mãe.

Lê também: How To Get Away With Murder 4×13: o tão aguardado cruzamento com Scandal

No meio de tantas reviravoltas, é bom ver Laurel afastar-se do seu estatuto de coitadinha e esquecer por momentos o drama do seu recém-nascido, tornando-se uma mulher de guerra, pronta para vingar o seu namorado falecido sem arrastar toda a gente pelo caminho. Bravo!

Enquanto isso, o grupo tem outro problema em mãos: Simon (Behzad Dabu) está acordado. Annalise (Viola Davis) pressiona Oliver (Conrad Ricamora) para que ele visite o jovem no hospital e averigue se a sua memória constitui algum perigo. Ao início, tal parece não ser o caso, mas a situação não tarda a piorar.How To Get Away With Murder

Simon lembra-se do envolvimento de Laurel na noite da tragédia e decide nomear Tegan (Amirah Vann) como sua advogada. Como tal, está na altura de passar ao plano B: enquanto Michaela mantém Tegan distraída, Oliver convence Simon de que o caso é um beco sem saída; nenhum júri irá acreditar em alguém com danos cerebrais.

Enquanto Simon desiste do seu plano e este assunto parece ficar resultado, apenas fico com pena de Oliver, que parece continuar a ser usado por tudo e todos para resolver os problemas quando o fogo começa a alastrar-se. Tudo porque, no meio de tanta tragédia, ele continua a ser o único com bom coração.

No meio destas aventuras, Asher (Matt McGorry) descobre a verdade acerca da traição de Michaela (Aja Naomi King). No entanto, antes que ambos possam ter tempo para resolver a situação, há mais novidades a caminho.How To Get Away With Murder

Bonnie (Liza Weil) liga ao grupo, contando que, após subornar uma polícia, descobriu que é Denver quem está na posse do disco com os ficheiros roubados na noite fatídica. Quando tudo parece estar a correr bem, o grupo recebe a notícia de que houve um acidente de carro e alguém está em estado grave… e esse carro parece ser o de Bonnie.

Tantas coisas para assimilar em tão pouco tempo! Qual é o verdadeiro envolvimento da mãe de Laurel e qual o seu destino de agora em diante? Será que Bonnie está viva? Qual o futuro para Asher e Michaela? No meio de tanta confusão, foi maravilhoso voltar a ver o grupo unido face a inimigos comuns, algo que já não acontecia há algum tempo.

NOTA: 9/10