A Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa (NOVA FCSH) faz 40 Anos. Para comemorar, serão apresentadas 40 Masterclasses, onde 40 antigos alunos regressam à NOVA FCSH para partilhar as suas experiências profissionais.

Numa iniciativa pioneira que se estende de março a dezembro de 2018, às terças e quintas, há 40 oportunidades para participar em Masterclasses de antigos alunos que se tornaram referência na sua área.

Francisco Caramelo, diretor da Faculdade, destaca que este “leque de convidados será muito dificilmente repetível nos próximos anos“.

FCSH

Foto: Divulgação

Programação da música ao jornalismo

A iniciativa inicia-se já na próxima quinta-feira, dia 8 de março, com a masterclass do pianista Nuno Vieira de Almeida, dedicada ao problema da interpretação musical.

A seguinte será com Rodrigo Guedes de Carvalho, jornalista da SIC, no dia 15 de março, que dará uma masterclass com o tema “O jornalismo no seu labirinto”.

As masterclasses duram uma hora e focam‐se num ou mais desafios que atravessam hoje as artes e as ciências sociais e humanas e que se relacionam com as próprias áreas dos antigos alunos.

A programação oficial da primeira parte das 40 masterclasses, que decorrem até maio, já está disponível.

  • 8 de março (quinta) – Nuno Vieira de Almeida, pianista. Masterclass: “O ‘problema’ da interpretação musical”.
  • 15 de março (quinta) – Rodrigo Guedes de Carvalho, jornalista. Masterclass: “O jornalismo no seu labirinto”.
  • 20 de março (terça) – Miguel Marques, CEO da Mapidea
  • 22 de março (quinta) – António Carvalho, diretor do Museu Nacional de Arqueologia
  • 3 de abril (terça) – Gabriela Canavilhas, deputada
  • 5 de abril (quinta) – Elisabete Caramelo, diretora de Comunicação da Fundação Calouste Gulbenkian
  • 10 de abril (terça) – Ana Paula Zacarias, secretária de Estado dos Assuntos Europeus
  • 12 de abril (quinta) – Nuno Artur Silva, diretor das Produções Fictícias
  • 17 de abril (terça) – Elza Pais, deputada
  • 19 de abril (quinta) – Bárbara Bulhosa, diretora da Tinta da China
  • 24 de abril (terça) – Rui Tavares, historiador
  • 26 de abril (quinta) – Luís Pedro Nunes, diretor do Inimigo Público
  • 8 de maio (terça) – Gonçalo M. Tavares, escritor
  • 10 de maio (quinta) – Bárbara Coutinho, diretora do Museu do Design
  • 17 de maio (quinta) – Rui Cardoso Martins, escritor
  • 22 de maio (terça) – Miguel Jalôto, diretor artístico do Ludovice Ensemble
  • 24 de maio (quinta) – Maria Fernanda Rollo, secretária de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior