A cerimónia de entrega dos prémios mais importantes do cinema terminou hoje de madrugada. Foram várias as atuações musicais que abrilhantaram a noite. Remember Me, da banda sonora do filme de animação Coco, venceu a categoria de Melhor Canção Original

Porque não só de imagem se faz o cinema, a categoria de Melhor Canção Original vem premiar os compositores da melhor canção original escrita especificamente para a sétima arte.

Remember Me, com letra e música de Kristen Anderson-Lopez e Robert Lopez, criadores da tão aclamada Let It Go de Frozen, foi a vencedora na categoria de melhor canção original. Encarregues de interpretar a canção do novo filme de animação da Disney/Pixar, Coco, estiveram Miguel, Gael García Bernal e Natalia LaFourcade. A performance, que começa com a voz de García Bernal e um solo de guitarra, prossegue com um dueto de Miguel e LaFourcade. Rodeados de dançarinos de flamenco, num cenário em tons de rosa, a atuação culmina com o lançamento de confettis que caem sobre a audiência.

A performance tornou-se num dos pontos altos da cerimónia mais aclamada do cinema, mas vários foram os músicos que pisaram o palco durante a entrega de prémios.

Mary J. Blige subiu ao palco para interpretar Mighty River, do filme Mudbound, tendo sido também nomeada na categoria de Melhor Atriz Secundária. Blige tornou-se, assim, a primeira artista a ser nomeada como atriz e como intérprete da banda sonora de um filme no mesmo ano.

A atuação de Sufjan Stevens contou com a presença de St. Vincent. O singer-songwriter interpretou Mistery of Love, pertencente à banda sonora de Call Me By Your Name, filme nomeado simultaneamente na categoria de Melhor Filme e Melhor Ator Principal. Stevens, criador do tema que interpreta, consegue proporcionar um dos momentos mais intimistas da noite.

Subiram ainda ao palco do Dolby Theatre Common e Andra Day, para dar voz a Stand Up For Something, do filme Marshall. Para a performance convidaram eles próprios 10 ativistas representantes de causas como a Black Lives Matter, a Planned Parenthood ou integrantes do movimento #MeToo. O objetivo? Nas palavras de Day, “mostrar às pessoas aqueles que trabalham todos os dias nas trincheiras para transformar perceções, circunstâncias, legislação, paisagens sociais e políticas e que trazem esperança aos que não a têm”.

Destacou-se ainda a poderosa atuação de Keala Settle, que interpretou This Is Me, canção retirada da banda sonora de The Greatest Showman. A cantora foi acompanhada por um coro na sua poderosa atuação. Settle não poupou na emoção que depositou na performance, descrita por alguns como magnífica.