É domingo, dia 4 de março. Só passaram duas semanas desde a primeira semifinal do Festival da Canção 2018, mas durante estes 14 dias, as emoções foram a multiplicar. Hoje, é dia de acompanhar todas as decisões com o Espalha-Factos através da conta no Twitter.

Como tem sido habitual, vamos acompanhar a conversa usando a hashtag #EFestival. Estão hoje em competição 14 canções, que serão avaliadas através de uma votação por televoto que decorreu ao longo da última semana, e também por um júri que está dividido por sete regiões: Norte, Centro, Lisboa, Alentejo, Algarve, Madeira e Açores.

Os comentários são da responsabilidade de Pedro Miguel Coelho (@pmcoelho). A acompanhar o Festival em direto de Guimarães estão também o Henrique Ferreira e a Ana Fonseca.


 

Lê também:
Israel Eurovisão

Tel Aviv vai receber o Festival Eurovisão da Canção em 2019

Tel Aviv é a cidade escolhida para acolher a 64.ª edição do Festival Eurovisão da Canção, revelou a União Europeia de Radiodifusão (UER), nesta quarta feira (12). Relacionado

0 comments
Eurovisão Júnior

Tens entre 9 e 14 anos e sabes cantar? Podes representar Portugal na Eurovisão Júnior

A RTP já revelou como é que os mais novos podem tornar-se representantes do nosso país no Festival Eurovisão Júnior, que acontece em novembro.

0 comments
O logotipo provisório do Festival Eurovisão da Canção 2019, que se realizará em israel.

A Eurovisão 2019 vai mesmo ser em Israel

A RTP passou a pasta da Eurovisão a Israel ontem (19), na sede da União Europeia de Radiodifusão (UER). A edição deste ano foi fechada e já começou a preparação da próxima edição em Israel. A cidade anfitriã será conhecida até setembro. Relacionado

0 comments

Will Ferrell protagoniza filme da Netflix sobre a Eurovisão

Depois de ter estado em Lisboa para assistir ao Festival Eurovisão da Canção, Will Ferrell irá protagonizar Eurovision. Relacionado

0 comments
Israel Eurovisão

“Se os países não quiserem, não há Eurovisão em Jerusalém”, garante organização

A organização do Festival Eurovisão da Canção 2019 em Jerusalém continua em dúvida, devido a ameaças de boicote de vários países que participam habitualmente, avança o jornal Times of Israel. 

0 comments