Eugénia de Vasconcellos, autora de O quotidiano a secar em verso, é uma das poetisas convidadas para participar na IX edição do Festival Internacional de Poesia que decorre de 16 a 20 de maio em Bucareste, na Roménia.

Natural de Faro, a poetisa portuguesa vai marcar presença no certame que desde a sua primeira edição, em 2010, já recebeu mais de 350 poetas convidados de todo o mundo. Organizado pelo Museu Nacional de Literatura Romena, o festival junta talentos emergentes e nomes já consagrados na poesia.

Publicado em 2016, sob a chancela da editora Guerra & Paz, O quotidiano a secar em verso é considerado o livro de maturidade de Eugénia de Vasconcellos, cujas obras anteriores se encontram traduzidas na Catalunha e na Sérvia.

A participação no Festival Internacional de Poesia de Bucareste representa mais um passo em direção ao reconhecimento da autora no contexto mundial. “Eugénia de Vasconcellos tem uma poesia discursiva e envolve-se, sem reservas ou receio, com a realidade e com o quotidiano. Intensa e irónica, por vezes mordaz, os seus poemas não deixam de ostentar um lirismo límpido, a roçar o religioso”, adianta em comunicado o grupo editorial.

Eugénia de Vasconcellos

Foto: divulgação

Durante o evento, serão declamados alguns dos seus poemas, traduzidos para inglês e romeno pelo poeta Dinu Flamand. Os poemas serão igualmente integrados numa antologia a publicar posteriormente no país anfitrião.

Para já ainda se desconhecem os detalhes de programação para a edição deste ano do festival internacional dedicado à poesia.

Lê também: OITO SÉRIES QUE TU (POSSIVELMENTE) NÃO SABES QUE SÃO INSPIRADAS EM LIVROS