O Homem parece querer voltar à lua. Desta vez, para uma missão que pretende implementar a primeira rede móvel 4G fora do nosso planeta.

A 20 de julho de 1969, a Apollo 11 foi a primeira missão da NASA a realizar um alunagem. A missão comandada pelo astronauta Neil Armstrong revelou-se um dos maiores feitos da nossa História, sendo “um pequeno passo para o homem, mas um grande salto para a Humanidade.”

50 anos depois das primeiras pisadas do ser humano no satélite natural da Terra, a Vodafone planeia criar a primeira rede 4G na superfície lunar. Para este projeto, a subsidiária alemã da operadora móvel juntou-se à Nokia e à Audi, que serão os parceiros tecnológicos da missão.

Lua

Edwin “Buzz” Aldrin durante a ‘Apollo 11’. (Fotografia: NASA)

Tecnologia inovadora

PTScientists, companhia alemã de cientistas e engenheiros voluntários, está prestes a atingir o seu objetivo principal: a chegada à lua. A Mission To The Moon será a primeira a ser financiada por capitais privados.

A rede tecnológica da Vodafone irá ligar dois quattro rovers da Audi a uma estação base, localizada no Autonomous Landing and Navigation Module (ALINA) – em português, algo como Módulo Autónomo de Aterragem e Navegação.

Por sua vez, a Nokia vai criar, através do Nokia Bell Labs, a rede ultracompacta a nível espacial mais leve de sempre, que vai pesar menos de um quilo. Será, assim, facilitada a passagem de informação entre os veículos, a estação base e, posteriormente, para a Terra.

lua

A base ALINA está em exposição no Mobile World Congress, em Barcelona. (Fotografia: Twitter)

Lê também: ‘Vodafone You’ promete um “tarifário à tua imagem”

Uma rede 4G na lua

A partir de agora, não há que ficar preocupado: numa futura viagem espacial, vais finalmente poder enviar uma selfie a partir da lua.

A nova estação lunar vai permitir a utilização de uma rede 4G, através da qual será possível assistir ao primeiro direto em HD da superfície lunar, que será transmitido para todo o mundo através da internet. Além disso, permitirá a transferência de uma maior quantidade de dados entre os rovers e a base ALINA.

Robert Böhme, fundador da PTScientists, revelou em comunicado emitido pela Vodafone que “Este é um primeiro passo crucial para uma exploração sustentável do sistema solar.” “Com a Mission to the Moon vamos estabelecer e testar os primeiros elementos de uma rede de comunicações na lua,” acrescentou o CEO do grupo alemão.

A implementação da rede de quarta geração em solo lunar é o primeiro passo na criação de uma infraestrutura de comunicações para futuras missões ao satélite terrestre.

Os instrumentos tecnológicos vão ser lançados através de um foguetão SpaceX em 2019, na Estação da Força Aérea do Cabo Canaveral, situada na Florida, EUA – a mesma que viu a missão Apollo 11 descolar.