Os OIOAI lançaram o novo álbum, X, na sexta-geira (16). O LP de regresso vem também com duas datas agendadas: a primeira dia 3 de março, no Musicbox, em Lisboa. A segunda dia 11, na Fnac de Santa Catarina, no Porto.

O regresso dos OIOAI é feito com mais uns bons anos em cima.

Quase dez anos depois do seu último álbum de originais, Pela Primeira Vez (2009), a banda volta ao ativo. Segundo as palavras da banda, o LP compõe-se de “(…) 10 faixas de rock’n’roll encorpado (…)”. O disco aborda temáticas variadas, desde “(…) a perda de quem mais amamos (…)” até “(…) um manifesto contra a exploração de petróleo na Costa Vicentina.”

A reunião remonta ao verão de 2016, aquando do casamento de João Gil (Diabo na Cruz, You Can’t Win Charlie Brown), o novo elemento da banda. Desde então, o grupo, que se formou em 2002, decidiu regressar ao estúdio e aos palcos. Ela Melhora Pintar o Mar foram os singles que antecederam o disco, estando disponíveis no Youtube. O disco por inteiro está disponível no Spotify e à venda nas lojas.

Saliente-se a causa ambiental abraçada pela banda. O teledisco de Pintar o Mar foi criado pelo quinteto em parceria com a Quercus. A iniciativa do grupo com a ONG portuguesa visa alertar a população para os riscos da exploração do petróleo na costa algarvia.

O vídeo procura também dar apoio à PALP (Plataforma Algarve Livre de Petróleo). O movimento resulta de uma iniciativa entre cidadãos e entidades. O objetivo é um Algarve sustentável e livre da exploração de hidrocarbonetos.

A banda apresenta-se dia 3 de março em Lisboa, no Musicbox. Dia 11 de março o trabalho é apresentado na Fnac de Santa Catarina, no Porto. Os bilhetes encontram-se já à venda na BOL e nos locais habituais pelo preço único de 8 euros.