Björk acaba de cancelar a sua atuação no Vodafone Paredes de Coura devido a “questões logísticas inesperadas”. A artista islandesa seria a cabeça de cartaz no dia 18 de agosto, o último dia do festival minhoto.

A organização do festival explica que o concerto foi cancelado “por motivos alheios ao festival”. Num comunicado oficial enviado pelos representantes de Björk, o cancelamento justifica-se devido a “questões logísticas inesperadas” que levaram a que a artista fizesse “alterações na digressão vindoura”. Tal fez com que a atuação em Paredes de Coura deixasse de existir. A organização salienta ainda que o novo cabeça de cartaz será anunciado em breve.

Esta não é a primeira vez que Björk cancela uma atuação em Portugal. Em 2012, a islandesa cancelou o seu concerto no então Optimus Primavera Sound, dessa vez devido a uma inflamação dos nódulos das cordas vocais.

A artista viria ao festival minhoto apresentar o seu último álbum, Utopia, um disco bastante bem recebido pela crítica, aparecendo em várias listas de melhores do ano em 2017. A performance em Coura seria a sua quarta atuação em palcos portugueses, depois de passar no Coliseu dos Recreios em 1996, no Festival Hype@Meco em 2003 e no Sudoeste em 2008.

A 26.ª edição do Vodafone Paredes de Coura acontece entre 15 e 18 de agosto e já estão anunciados, entre outros nomes, Skepta, Fleet Foxes e Big Thief.