Começou há pouco a segunda semifinal do Festival da Canção 2018 e os problemas começaram logo na primeira música.  A canção número um, Bandeira Azul, interpretada por Maria Inês Paris, vai ser apresentada uma segunda vez no final de todas as atuações. A atuação iniciou-se com alguns problemas de som, o que levou a produção a decidir dar uma nova oportunidade ao tema do compositor Tito Paris.

A informação foi dada por Inês Lopes Gonçalves, que está responsável por conduzir a emissão nos bastidores. Bandeira Azul subirá então ao palco no fim de atuarem as 13 canções a concurso nesta segunda semifinal. Logo após Maria Inês Paris ter terminado de cantar, a apresentadora Tânia Ribas de Oliveira informou que a produção já estaria a debater uma solução para o problema ocorrido.

Segundo Inês Lopes Gonçalves, que falou em nome da produção do Festival: “é necessário estarem todos em pé de igualdade”, portanto antes de encerrarem as votações a canção n.º 1 será apresentada uma segunda vez.

Tito Paris, músico e compositor cabo-verdiano radicado em Lisboa, escolheu a sobrinha para interpretar a sua canção no Festival da Canção 2018. Maria Inês Paris, que participou na terceira edição do programa The Voice, aproveitou o final da sua atuação para agradecer a Tito Paris e à produção do festival, afirmando estar pronta para subir a palco uma segunda vez.