Para celebrar o 70º aniversário, a empresa agendou, até ao mês de Julho, visitas guiadas gratuitas pelo Metro de Lisboa. A iniciativa dá a oportunidade aos mais curiosos de conhecer as histórias e desvendar os segredos escondidos do metropolitano de Lisboa.

O objectivo das visitas é dar a conhecer a história e difundir o património artístico e cultural das estações. Apelidadas de “Visitas para (re)viver Lisboa” vão mostrar cada pormenor do metro.

Acontecem sempre na penúltima quinta feira do mês (pelas 11h00) e aconselha-se aos interessados que façam já a sua reserva para as próximas edições. Existem apenas 20 vagas disponíveis por sessão e cada uma dura cerca de duas horas. As inscrições abrem três semanas antes de cada visita e terminam três dias antes de acontecer.

A primeira viagem aconteceu no passado dia 22 de fevereiro. O percurso incluiu as estações da Avenida, Jardim Zoológico, Alto dos Moinhos, Laranjeiras e Colégio Militar/Luz. Num artigo publicado pela Sapo 24, pode ler-se o testemunho de Igor Lança, um dos visitantes. “Eu achei a visita muito interessante, fiquei a saber muita coisa sobre azulejos que não sabia e gostei principalmente da parte introdutória em que o senhor esteve a falar sobre a história da evolução do metro”, revela.

A última visita é a 26 de julho e contempla uma viagem subterrânea pelas estações Baixa-chiado, Cais do Sodré, Martim Moniz, Roma e Campo Grande. Além disso, está também incluída uma visita ao Parque de Material e Oficinas.

Cartaz aniversário Metro de Lisboa | Foto: Facebook Metropolitano de Lisboa

Sobre o Metro de Lisboa

O primeiro projeto de um metropolitano para a cidade de Lisboa data de 1888 e é da autoria do engenheiro militar Henrique de Lima e Cunha. A tentativa acabaria por não dar frutos. Só após a II Guerra Mundial, é efetivamente tomada a decisão de construir o Metro de Lisboa.

Assim, a 26 de janeiro de 1948 é constituída a Sociedade que tinha como objetivo estudar a viabilidade do projeto. Os trabalhos iniciaram-se sete anos depois, a 7 de agosto de 1955.

Finalmente, a 29 de dezembro de 1959 é inaugurado o Metro de Lisboa. As estações da época eram três: Rotunda (atual Marquês de Pombal), Sete Rios (Jardim Zoológico) e Entrecampos.

Hoje o Metro de Lisboa alcança 44,2 km de comprimento, dispondo de um total de 56 estações, nas suas quatro linhas autónomas.