Janelle Monáe acaba de detalhar o iminente Dirty Computer. Esta quinta-feira (22), a artista edita os dois primeiros extratos do disco: Make Me Feel e Django Jane. A par da sua disponibilização nas plataformas digitais, foram lançados vídeos correspondentes. Surge também a capa do álbum visual, agendado para 27 de abril.

A estreia de Make Me Feel ocorreu na estação Beats 1. Em conversação com o apresentador Zane Lowe, a artista revelou Julia Michaels e os Deep Cotton como compositores do single. Oposta ao funk sintético do primeiro lançamento, Django Jane posiciona um rap feroz de Monáe sobre uma batida cortante. Em entrevista ao The Guardian, Monáe caracteriza a música como a resposta às “ameaças aos [seus] direitos enquanto mulher negra e sexualmente liberta“.

Lê também: Janelle Monáe avança novo álbum visual

Os vídeoclipes das faixas são extraídos do acompanhamento visual de Dirty ComputerAlan Ferguson realizou o vídeo de Make Me Feel, enquanto Andrew Donoho Chuck Lightning dirigiram Django Jane. Ambos são protagonizados por Monáe, contando o primeiro com Tessa Thompson, que já aparecera no trailer do disco.

Está programada para dia 27 de abril a edição do álbum visual, cuja capa se encontra abaixo.

Capa do álbum Dirty Computer, de Janelle Monáe

Fotografia: Divulgação

Monáe revelou ter concebido o conceito para Dirty Computer antes do seu primeiro álbum The ArchAndroid, de 2010. Explanou ainda: “Este é o álbum em que terão uma oportunidade de se aproximarem da minha mente e do meu coração.”