O poeta Ruy Belo chega ao Teatro Aberto numa peça-cantata sobre a relação do ser humano com o tempo e as tentativas de fintar a sua passagem.

O espetáculo conta com dramaturgia e encenação de Marta Dias, também autora de Toda a cidade ardia, que esteve em cena no Teatro Aberto na temporada passada. Criado a partir do poema Um Dia Uma Vida, que dá título à peça, o espetáculo recria as palavras do poeta, utilizando recursos cénicos de luz e vídeo para contar as histórias de quatro personagens.

As personagens são interpretadas por Ana Brandão, Madalena Almeida, Miguel Lopes Rodrigues e Rui Melo. Eles e elas são um Homem que não dorme e observa o mar, uma Mulher que se vê ao espelho e sofre amargurada com as coisas que o tempo lhe tirou, uma Jovem que quer conquistar o mundo e um Pescador que não precisa de mais do que a vida que fica.

“Fui um inveterado tripulante da memória
oiço os passos do tempo sei a minha idade
e deito-me com toda a dignidade
É inútil bater amigos inimigos a esta loisa
onde eu repouso como simples coisa
E o tempo poisa deixa finalmente de passar”

O espetáculo estreia a 17 de fevereiro e estará em cena na Sala Vermelha de quarta a sábado, às 21h30, e aos domingos, às 16h00. Os bilhetes podem ser adquiridos na bilheteira do Teatro Aberto ou nos locais habituais.

O poeta e as palavras

Considerado um dos nomes maiores da poesia portuguesa do século XX, Ruy Belo (1933-1978) foi também ensaísta, crítico literário e professor. Nascido numa pequena aldeia do concelho de Rio Maior, passou por Coimbra e Lisboa enquanto estudante, doutorou-se em Roma e foi leitor na Universidade de Madrid.

A sua obra poética inclui os títulos Aquele Grande Rio Eufrates (1961), Boca Bilingue (1966), Despeço-me da Terra da Alegria (1977). Uma edição da Assírio e Alvim, intitulada Todos os Poemas, reúne toda a poesia do autor.

Em 2014 foi lançado um documentário sobre o poeta, intitulado Era uma vez, da autoria de Fernando Centeio e Nuno Costa Santos.

LÊ TAMBÉM: OS MUSICAIS MAIS ROMÂNTICOS PARA TE INSPIRARES NO SÃO VALENTIM