Depois de uma passagem pela China, o Quorum Ballet apresenta em Portugal o espetáculo Sagração da Primavera Made in China. Será em abril, quando já estivermos na primavera.Em parceria com a Magic Flute e a China Dancers Association, o Quorum Ballet estreou, no Shangai Oriental Arts Center, a Sagração da Primavera Made in China. A peça passou ainda por Wuhan Quintal Theater, Changsha Meixihu Theater e Zhuzhou Theater.

quorum

Foto:divulgação

A Sagração da Primavera tem sido reinventada e recriada vezes sem conta, pelos mais variados coreógrafos. De cada vez que isso acontece, há uma visão diferente, contada aos olhos de quem a coreografa e de quem a dança.

O Quorum Ballet e Daniel Cardoso, o diretor artístico, em conjunto com bailarinos chineses, criaram uma forma de homenagem ao reinventar esta peça tão conhecida, desta vez made in China.

Com um olhar crítico e emotivo às sociedades modernas, onde tudo corre de forma rápida e quase industrial, o Quorum Ballet encheram os palcos da China de emoções fortes.

A China, vista muitas vezes como a “fábrica do mundo”, é conhecida por produzir cópias perfeitas de produtos inventados no Ocidente. Ainda assim, ao criar esta peça, o Quorum Ballet, tentou encontrar uma versão que misturasse de forma harmoniosa as visões do Oriente e Ocidente. A Sagração da Primavera está imbuída com aspetos da cultura chinesa que nos ajudam a aprofundar e a alargar horizontes.

A ideia para esta grande produção começou em setembro de 2015, quando Daniel
Cardoso, diretor artístico e coreógrafo, foi convidado para fazer uma viagem de pesquisa ao sul da China, na província de Yunnan.

A Sagração da Primavera

Um marco na História da Arte, a Sagração da Primavera foi criada em 1913 pelos Ballets Russes, a companhia de Sergei Diaghilev. A peça estreou em Paris, com música composta por Igor Stravinsky e coreografia de Vaslav Nijinsky. Desde sempre, foi considerado um exemplo de cooperação e diálogo entre várias artes.

Desde essa altura, a peça tem sido representada, revivida e revisitada inúmeras vezes ficando na
história a versão de Leonide Massine, em 1920. As adaptações mais notáveis foram de Lester Horton, Mary Wigman, Pina Baush, entre outros, sendo que, por todo o mundo, têm existido incontáveis adaptações, incluindo na China.

Quando ver

Nos dias 21 e 22 de abril, a Sagração da Primavera Made in China passará pelo palco do Cine-Teatro D. João V, na Damaia, Amadora. A sessão do primeiro dia será às 21h30 e a sessão do dia seguinte será às 16h00.

Dia 28 do mesmo mês, estará em cena no Centro de Artes e Espetáculos da Figueira da Foz.

Mais informações aqui.

Dois Séculos

Também do Quorum Ballet, tens ainda a oportunidade de assistir ao espetáculo Dois Séculos.

Através das linguagens da dança, do teatro, da poesia, da música e das artes plásticas, o Quorum Ballet, em co-produção com a Câmara Municipal de Portimão, apresenta esta nova criação inserida nas Comemorações Nacionais dos 150 Anos de Manuel Teixeira Gomes.

Quorum

Foto: divulgação

Desta forma, promover-se-á um encontro renovado com a vida e obra de uma das personalidades maiores da História de Portugal, comerciante, escritor e político, nascido em 1862 em Portimão, no Algarve.

Esta peça estará em cena nos Recreios da Amadora nos dias 24 e 25 de fevereiro. A sessão do primeiro dia será às 21h30 e a sessão do dia seguinte será às 16h00.

Mais informações aqui.