Exibido pela primeira vez na televisão portuguesa há quase 30 anos, O Império dos Sentidos chocou a sociedade da altura. Regressa esta semana ao ecrã.

O clássico erótico japonês volta a ser transmitido, esta segunda-feira (12) na RTP2. A estação pública exibe o filme de Nagisa Oshima às 23h58.

A história relata a vida de Sada (Eiko Matsuda), uma antiga geisha que se envolve numa relação amorosa com o patrão Kichizo. A paixão dos dois rapidamente se transforma numa extrema obsessão pelo prazer, onde não existem limites para alcançar o êxtase.

Vê também: ‘As Cinquenta Sombras de Grey’ estreia na TVI

A película, com forte conteúdo sexual, é baseada numa história verídica que ocorreu no Japão antes da Segunda Guerra Mundial. Um amor obsessivo e fatal que também acaba por marcar a carreira de Oshima. A RTP realça que o “cineasta japonês marcou o surgimento de uma nova geração no cinema nipónico, com uma visão mais agressiva, irónica e desmistificadora da realidade“.

A estação pública descreve ainda o filme como um caso de “amantes malditos” que foi transformado “num prodigioso filme de sexo, erotismo, desejo, prazer, sangue, sofrimento e morte, que andam sempre associados às grandes histórias de amor“.

O choque provocado por O Império dos Sentidos, que embora tenha estreado em 1976, só foi transmitido pelos canais portugueses a partir dos anos 90, acabou por gerar também curiosidade e surpresa em torno da sua obra, muito importante na definição do estilo do cinema japonês.